Arquivo/Estadão
Arquivo/Estadão

Grandes seleções da Copa do Mundo de 1930

Por ser a grande seleção da época, o Uruguai foi escolhido como sede e brilhou em casa ao lado da Argentina

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

11 Maio 2018 | 03h00

Por ser a grande seleção da época, o Uruguai foi escolhido como sede para a disputa da primeira copa do mundo. Vários representantes europeus, como as poderosas Inglaterra e Alemanha, não quiseram enfrentar as longas viagens de navio a vapor, o que tornou a competição mais fácil para os países sul-americanos. Uruguaios e argentinos chegaram à decisão com facilidade a ponto de eliminarem na respectivamente Nan semifinal iugoslavos e norte-americanos por 6 a 1. 

Confira a página especial sobre a Copa do Mundo de 2018

INFOGRÁFICO - Brasil, a camisa mais pesada do futebol mundial

ESPECIAL - 15 anos do Penta, nossa última conquista

URUGUAI 

Bicampeã olímpica (1924 e 1928) e tetracampeã da Copa América (1920, 1923, 1924 e 1926), a seleção uruguaia não tinha adversários na copa em que foi a anfitriã. Foi a primeira grande seleção do futebol mundial. Seus jogadores eram hábeis, raçudos, versáteis taticamente, modernos para a época. Uma das grandes lideranças do time era o volante Andrade, primeiro grande jogador negro da história do futebol. Dono de um físico privilegiado, era o cérebro do time.

ARGENTINA

A seleção argentina era a única que poderia pelo menos fazer frente à poderosa "Celeste Olímpica" na Copa do Mundo de 1930. França (1 a 0), México (6 a 3) e Chile(3 a 1) não foram páreo para os "hermanos", que chegaram entusiasmados à final após 6 a 1 sobre os Estados Unidos. Na decisão, os argentinos chegaram a estar na frente do placar(2 a 1) até o final do primeiro tempo e tiveram a chance de ampliar a vantagem, mas falharam e tomaram a virada uruguaia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.