1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Mercado da Bola

Grêmio 'dá chapéu' no Inter e contrata Henrique Almeida

- Atualizado: 03 Fevereiro 2016 | 19h 38

Atacante foi anunciado nas redes sociais do tricolor

Da mesma maneira que aconteceu com Dudu no início do ano passado - quando disputado por São Paulo e Corinthians, o meia/atacante acabou assinando com o Palmeiras -, o atacante Henrique Almeida parecia estar tudo acertado com o Internacional, mas nesta quarta-feira fechou contrato com o rival Grêmio. O anúncio oficial foi feito através das redes sociais do clube tricolor.

Há uma semana, Henrique Almeida assistiu nos camarotes do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, ao jogo do Internacional contra o Coritiba, seu time em 2015, pela estreia da Liga Sul-Minas-Rio. Mas nesta quarta-feira assinou um contrato de quatro temporadas com o Grêmio.

Henrique Almeida estava perto de fechar com o Inter, mas acabou assinando com o Grêmio
Henrique Almeida estava perto de fechar com o Inter, mas acabou assinando com o Grêmio

"Estamos chegando com muita vontade e dedicação, quero dar muitas alegrias ao torcedor. Vamos atrás desta Libertadores", disse Henrique Almeida em transmissão ao vivo nas redes sociais do clube tricolor.

Em 2015, o atacante teve destaque ao ajudar a salvar o Coritiba do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Foram 13 gols, sendo o terceiro maior artilheiro da competição - atrás somente de Ricardo Oliveira, do Santos, e Vagner Love, do Corinthians.

Henrique Almeida estava vinculado ao Botafogo, mas entrou na Justiça contra o clube carioca por causa de salários atrasados. Este imbróglio jurídico - os seus direitos federativos estão divididos entre Botafogo (35%) e São Paulo (65%) - era o maior entrave para o futuro do atacante. Mas de acordo com a direção do Grêmio, a negociação foi feita com segurança jurídica.

Mercado da Bola
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX