Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Grêmio e Inter de olho em Allione e Palmeiras quer segurar o meia

Futebol

Cesar Greco|Agência Palmeiras

Esportes

Palmeiras

Grêmio e Inter de olho em Allione e Palmeiras quer segurar o meia

Argentino tem contrato com o time alviverde até 2019

0

Daniel Batista,
O Estado de S.Paulo

05 Fevereiro 2016 | 18h30

Depois de Henrique Almeida, Grêmio e Internacional podem fazer mais uma disputa por um jogador. O meia argentino Allione está nos planos dos dois clubes, entretanto, o Palmeiras não demonstra qualquer intenção em negociá-lo com times brasileiros. Se for para deixar o clube, a ideia é mandá-lo para fora do Brasil.

No momento, o Internacional é quem parece mais disposto a levar o argentino. Com a ida de D’Alessandro para o River Plate, a diretoria do time colorado vê o palmeirense como uma boa opção no mercado e espera aproveitar o fato dele não estar sendo utilizado para conseguir um empréstimo até o fim da temporada. O Grêmio sondou o meia, mas por enquanto, não chegou a formalizar uma proposta.

Recentemente, Henrique Almeida estava praticamente certo com o Internacional, quando o Grêmio apareceu e de, de surpresa, acertou a contratação do ex-atacante do Botafogo. A negociação, inclusive, lembrou a contratação de Dudu pelo Palmeiras, no ano passado. Corinthians e São Paulo estavam próximo de levar o jogador, quando a diretoria alviverde, correndo por fora, ágil rápido e ficou com o atleta, que hoje é um dos mais importantes do elenco.

No começo do ano, Allione estava nos planos do Rosario Central, mas as conversas foram encerradas após o sorteio da Libertadores, onde ficou decidida que o time argentino estaria no mesmo grupo do Palmeiras. Contratado em 2014, o argentino tem contrato até 2019 com o time alviverde e o técnico Marcelo Oliveira já avisou que pretende utilizá-lo nesta temporada. Nos dois primeiros jogos do ano, ele ficou no banco de reservas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.