Grêmio encara o Atlético-PR para manter reação após 'bronca' dada pela direção

Equipe vem de duas vitórias seguidas com Lucas Barrios vivendo boa fase

Estadão Conteúdo

21 Maio 2017 | 08h26

Embalado por dois triunfos consecutivos, resultados que tiraram a pressão do elenco, o Grêmio tenta manter a boa fase neste domingo contra o Atlético Paranaense, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes do início do Brasileirão, a equipe vinha de duas frustrações: a eliminação na semifinal do Campeonato Gaúcho e a derrota para o chileno Deportes Iquique, pela Copa Libertadores.

Os resultados deixaram jogadores e comissão técnica sob pressão - a direção chegou a convocar uma reunião com o elenco. Mas a resposta foi imediata: vitórias categóricas sobre o Botafogo por 2 a 0, na estreia do Brasileirão, e sobre o Fluminense por 3 a 1, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na última quarta-feira.

E, com o time embalado e com pouco tempo para treinar, o técnico Renato Gaúcho avisou que não é momento para se preocupar com o retorno de importantes atletas como Maicon, Miller Bolaños e Edilson, todos lesionados. Assim, o treinador deve apostar na continuidade para encarar o Atlético Paranaense, embora não descarte poupar alguns titulares.

"Cada jogo é uma competição diferente, temos agora o Atlético, mais um jogo importante e difícil", comentou o treinador do Grêmio. "Na minha cabeça não tenho dúvidas. Ela fica apenas na cabeça de vocês".

Mais conteúdo sobre:
Grêmio futebol Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.