1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Grêmio encara o Criciúma na estreia de Felipão em casa

Lucas Azevedo e Rafael Thomé - Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 07h 25

Gaúchos estão em 11° lugar no Brasileiro, três à frente da equipe catarinense que reencontra técnico de sua única conquista nacional

O Grêmio recebe o Criciúma, neste domingo, 17, em partida válida pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcará a estreia do técnico Luiz Felipe Scolari na Arena Grêmio, em Porto Alegre, e servirá para o time tricolor se recuperar, depois que o sinal vermelho acendeu diante de três derrotas consecutivas - uma delas no clássico contra o Internacional.

Na última sexta-feira, Felipão fechou o treino no estádio Olímpico. "Não é mistério. É que estou chegando agora e preciso cobrar um pouco mais. Se tiver alguém da imprensa, ou microfone ou câmera, vão achar que tem algo estranho, mas não tem, só isso", declarou.

Os desfalques ficam por conta de Pará, suspenso, e Barcos, machucado e que ainda é dúvida. Fernandinho pode assumir a vaga de Dudu. O Grêmio está em 11.° lugar, com 19 pontos, três à frente do Criciúma.

Divulgação
Felipão estreia na Arena Grêmio com time desfalcado

O time catarinense reencontrará o treinador que o conduziu à conquista do único título nacional do Criciúma, a Copa do Brasil em 1991. No confronto diante do rival tricolor gaúcho, a equipe estará no lado oposto ao de Luiz Felipe Scolari em partida crucial para as pretensões na competição.

A três pontos de distância do próprio Grêmio, o time de Criciúma busca uma vitória para se aproximar dos 10 primeiros colocados e deixar o perigo de rebaixamento para trás.

Para surpreender os mandantes, o Criciúma aposta na estratégia utilizada contra o líder Cruzeiro, na última rodada, e repetirá a forte marcação com saídas rápidas para o ataque. "A postura é de marcar atrás da linha da bola e partir em contra-ataque", disse o volante Serginho. "Vamos respeitando e, ao mesmo tempo, sendo uma grande equipe com a bola no pé", completou.

As pequenas lesões do zagueiro Fábio Ferreira e do volante João Vitor durante os treinamentos da semana deixaram dúvidas para o técnico Wagner Lopes escalar a equipe.