Grêmio esconde escalação e Ramiro cobra bom início no Campeonato Brasileiro

Tricolor estreia no Nacional contra o Botafogo, na sua arena

Estadão Conteúdo

13 Maio 2017 | 21h30

O Grêmio encerrou neste sábado a preparação para a sua estreia no Campeonato Brasileiro contra o Botafogo, neste domingo, em Porto Alegre, com uma atividade física e um rachão de dois toques em campo reduzido, além de uma "conferência" feita pelo técnico Renato Gaúcho com alguns vídeos do time carioca.

A principal ordem, contudo, é esconder a escalação. Com os desfalques do lateral-direito Edilson, suspenso, e do volante Maicon, contundido, Renato Gaúcho tem algumas opções diferentes para montar o Grêmio. E todas elas passam por Ramiro, que pode atuar como meio-campista ou ponta, dependendo de quem o treinador colocar.

Mas, em entrevista coletiva realizada neste sábado, o meio-campista manteve o mistério sobre a formação do Grêmio. "Não tenho preferência por posição. Se tiver que jogar como volante ou aberto, para mim é indiferente. Seja o que o Renato optar amanhã (domingo) e não vou contar aqui, eu vou atender".

Ramiro destacou ainda que, pela dificuldade do Brasileirão, o Grêmio tem a obrigação de ter um bom início neste domingo, especialmente por jogar em Porto Alegre. "Como não tem uma final de fato, cada jogo tem uma extrema importância", analisou o meio-campista. "E dar o pontapé inicial com uma vitória em casa será muito importante".

Mais conteúdo sobre:
futebol Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.