Assine o Estadão
assine

Esportes

Futebol

Grêmio só empata com o San Lorenzo e sai de campo vaiado em casa

Com quatro pontos, time brasileiro é líder do Grupo 6, mas o Toluca, que tem a mesma pontuação, ainda joga pela terceira rodada

0

Estadão Conteúdo

09 Março 2016 | 23h40

O Grêmio não conseguiu atingir a meta de somar seis pontos em seus dois jogos consecutivos em casa pela Copa Libertadores. Se na semana passada a equipe gaúcha venceu bem a LDU por 4 a 0, nesta quarta-feira apenas empatou em 1 a 1 com o San Lorenzo em Porto Alegre. Fred abriu o placar de falta, mas Cauteruccio logo deixou tudo igual, ainda na primeira etapa. Ao fim do jogo, a torcida vaiou.

Com quatro pontos, o Grêmio é líder provisório do Grupo 6, mas o Toluca, que tem a mesma pontuação, ainda joga nesta quinta pela terceira rodada - pega a LDU, fora de casa. Os equatorianos têm três pontos e os argentinos dois, num grupo que qualquer vitória torna a equipe líder. Na terça os brasileiros vão ao Nuevo Gasômetro precisando de ao menos um empate para não se complicarem antes de viajarem à altitude de Quito.

O JOGO - Sem Bolaños, que foi agredido durante o Gre-Nal, teve o maxilar quebrado e vai ficar pelo menos 30 dias afastado dos treinos, o Grêmio entrou em campo com Everton como titular do ataque ao lado de Luan. O time perdeu mobilidade diante de uma equipe que se defende muito bem.

O San Lorenzo não deixava Maicon jogar e o Grêmio perdia seu principal escape do meio-campo. Quando recuperava a bola, o time argentino chegava rápido ao ataque, exigindo boa defesa de Marcelo Grohe aos 14 minutos.

Os visitantes pareciam mais à vontade, mas foram os donos da casa que abriram o placar. Fred, zagueiro, bateu falta com muita categoria aos 25 minutos. Da lateral da área, aproveitou a barreira mal armada e mandou no contrapé do goleiro, rente à trave.

O gol embalou o Grêmio, que quase empatou aos 27, com Everton, que explodiu o travessão. O San Lorenzo respondeu rápido. Primeiro desperdiçou com Blanco. Depois, aos 32, empatou com Cauteruccio, que resvalou de cabeça a cobrança de falta de Belluschi. O San Lorenzo ainda teve mais uma chance de marcar no primeiro tempo, com Blanco, mas Fred tirou em cima da linha.

Logo no início da segunda etapa, Everton deu trabalho a Torrico e levantou a torcida que compareceu em bom numero à Arena. O Grêmio parecia melhor do que na primeira etapa, controlando a bola por mais tempo, mas poucas vezes chegava à área. Só ameaçou de fora dela, com Pedro Geromel, que arriscou de muito longe e mandou mais uma no travessão. Depois, tal qual Fred, ainda tirou uma bola em cima da linha.

Roger Machado, em busca da vitória, mexeu em três dos quatro homens de frente, mantendo Everton com Henrique Almeida, Bobô e Fernandinho. Quatro atacantes, mas pouca produtividade.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 x 1 SAN LORENZO

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Wesley, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano e Douglas; Everton e Luan.

Técnico - Roger Machado.

SAN LORENZO - Torrico; Buffarini, Caruzzo, Angeleri e Emanuel Más; Mussis, Néstor Ortigoza (Kalinski), Fernando Belluschi, Cerutti (Romagnoli) e Sebastián Blanco; Cauteruccio (Mauro Matos).

Técnico - Pablo Guede.

GOLS - Fred, aos 25, e Cauteruccio, aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Daniel Fedorczuk (Uruguai).

CARTÕES AMARELOS - Marcelo Oliveira, Edinho (Grêmio), Algeleri, Mussis e Ortigoza (San Lorenzo).

RENDA - R$ 2.104.161.

PÚBLICO - 39.176 pagantes.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Mais conteúdo sobre:

Comentários