Reprodução/Site Oficial Guangzhou Evergrande
Reprodução/Site Oficial Guangzhou Evergrande

Guangzhou goleia e fatura sétimo título chinês seguido na despedida de Felipão

Com goleada sobre o Guizhou Zhicheng por 5 a 1, time abre nove pontos para o Shanghai SIPG a duas rodadas do fim

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2017 | 12h54

O técnico Luiz Felipe Scolari revelou durante a semana que deixará o Guangzhou Evergrande no fim do mês que vem, mas não deixou o clube sem uma despedida de gala. Neste domingo, o brasileiro liderou a equipe à sua sétima conquista consecutiva do Campeonato Chinês, com a goleada por 5 a 1 sobre Guizhou Zhicheng, em casa.

+ Felipão não renovará contrato com o Guangzhou Evergrande

+ Felipão promete processar governo Temer caso tenha imagem arranhada em propaganda

O resultado levou o Guangzhou a 64 pontos, na liderança da tabela, abrindo nove de vantagem para o Shanghai SIPG, segundo colocado, a apenas duas rodadas para o fim da competição. Com isso, o último título de Felipão no time chinês foi garantido com antecipação e coroou a passagem do brasileiro por lá.

Se Felipão é o representante brasileiro no banco do Guangzhou, o clube tem três jogadores do País no elenco. E todos eles brilharam neste domingo. Alan, ex-Fluminense, e Ricardo Goulart foram titulares e deixaram sua marca, assim como Muriqui, que saiu do banco para também balançar a rede.

Dos sete títulos nacionais do Guangzhou, Felipão participou de três: 2015, 2016 e 2017. Os outros foram conquistados sob o comando do sul-coreano Lee Jang-soo (2011) e do italiano Marcelo Lippi (2012, 2013 e 2014).

Para garantir o troféu com antecedência, o Guangzhou Evergrande contou com a derrota do Shanghai SIPG para o Guangzhou R&F, por 2 a 1, mesmo jogando em casa. Hulk marcou o gol dos mandantes, mas chegou a perder um pênalti quando o adversário vencia por 2 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.