1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Guarani anuncia Vágner Benazzi para a vaga de Evaristo Piza

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2014 | 20h 17

Treinador, com passagens por Bahia, Vitória e Portuguesa, terá a missão de tirar os bugrinos da vice-lanterna do Grupo A da Série C

Desta vez a diretoria do Guarani agiu rápido após a saída de Evaristo Piza, pela manhã, e já anunciou na tarde deste domingo que Vágner Benazzi é o novo comandante bugrino. O presidente Álvaro Negrão e o diretor de futebol Rogério Giardini ficaram ao telefone com o treinador durante a tarde, confirmando os detalhes do acerto.

Benazzi será oficialmente apresentado nesta segunda-feira e chega ao estádio Brinco de Ouro com o time campineiro na zona do rebaixamento na Série C do Campeonato Brasileiro. Ele fará mudanças na comissão técnica e buscará contratar alguns jogadores, já que o atual elenco é limitado.

O técnico fez um acerto para comandar o time nos seis jogos restantes na fase classificatória na Série C e, embora não queria ainda falar oficialmente como novo treinador do Guarani, vê chances da equipe até mesmo buscar a classificação. Com 12 pontos e em nono lugar no Grupo B, o Guarani está na zona do rebaixamento, mas a diferença para o quatro colocado Macaé-RJ é de seis pontos.

Junto com Vagner Benazzi estarão chegando dois auxiliares que já atuaram no Guarani como jogadores: Darci, que foi zagueiro na década de 1980, e Émerson, volante que teve destaque nos anos 2000. Ambos já trabalharam com Benazzi faz alguns anos. Eles terão uma semana de trabalho antes do jogo contra o Juventude, na próxima segunda-feira à noite, em Campinas, pela 13.ª rodada.

"Desde a saída do Evaristo, só tínhamos o nome do Benazzi. Tenho certeza que fizemos a melhor opção", comentou o presidente Álvaro Negrão, evitando dar mais detalhes da contratação. Com 60 anos, Benazzi já comandou times como Portuguesa, Bahia, Vitória, Avaí, Figueirense, Ponte Preta, entre tantos outros.