Guarani traz Gabriel Leite e espera fechar lista com Ricardo Bueno e Alex Silva

Bugre se prepara para disputar segunda divisão do Brasileiro

Estadão Conteúdo

10 Maio 2017 | 18h58

Na semana da estreia na Série B do Campeonato Brasileiro, o Guarani tem o elenco praticamente fechado, pelo menos em um primeiro momento. O atacante Gabriel Leite, que pertence ao Palmeiras e estava no Audax, foi o último a chegar ao estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), para engrossar a lista de reforços. Agora, a ideia do departamento de futebol e da comissão técnica é acertar mais duas contratações. No caso, as vindas do atacante Ricardo Bueno e do zagueiro Alex Silva.

A diretoria já confirmou 12 nomes, que somados aos remanescentes já são vistos como uma base satisfatória para o elenco. Apesar disso, o técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, ainda quer nomes com mais experiência para aí sim bater o martelo e observar o desempenho do time antes de pedir novas contratações.

Com passagens por Atlético Mineiro e Palmeiras, Ricardo Bueno disputou o Campeonato Paulista pelo São Bento e já revelou que está negociando com o Guarani. No caso de Alex Silva, também há otimismo, já que o empresário do atleta, Paulo Ricart, afirmou que as conversas já começaram e a chance de um acerto é grande. Tricampeão brasileiro pelo São Paulo, hoje o zagueiro defende o Jorge Wilstermann, time boliviano que está no grupo do Palmeiras na Copa Libertadores.

Até o momento, os reforços são o goleiro Vagner, o lateral-direito Kevin, o zagueiro Willian Rocha, o lateral-esquerdo Eron, o volante Richarlyson, os meias Denner, Juninho, Luiz Fernando e Edinho, além dos atacantes Gabriel Leite, Caíque e Claudinho.

Mais conteúdo sobre:
futebol Guarani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.