Guarani vence o Figueirense em Campinas e assume a vice-liderança da Série B

Time de Campinas ganha por 2 a 0 e chega a seis pontos na Série B

Estadão Conteúdo

23 Maio 2017 | 23h42

O Guarani cumpriu a segunda e última partida de suspensão com os portões fechados, nesta terça-feira, e manteve os 100% de aproveitamento no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), ao ganhar do Figueirense por 2 a 0, na abertura da terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Recuperado da derrota para o Santa Cruz por 2 a 1, no último sábado, no Recife, o time campineiro chegou aos seis pontos e, pelo menos até esta sexta-feira, vai ficar na vice-liderança. O Figueirense, que perdeu os 100% de aproveitamento, está em terceiro lugar por causa do saldo de gols (3 contra 2).

O primeiro tempo começou com o Guarani pressionando e abrindo o placar aos sete minutos. Após lançamento do goleiro Leandro Santos, o meia Bruno Nazário passou pelo goleiro Thiago Santos e bateu com categoria por cima do zagueiro. O meia ainda poderia ter marcado em outras três oportunidades.

Nos minutos finais, o Figueirense equilibrou o jogo e quase empatou em chute de Iago na rede pelo lado de fora. Depois foi a vez de Robinho assustar, mas parou em grande defesa de Leandro Santos.

O Figueirense voltou do intervalo em busca do empate e criou duas boas oportunidades. Na melhor delas, Juliano invadiu a área após tabelar com Renan Motta e bateu rente à trave.

Quem voltou a marcar, porém, foi o Guarani aos 31 minutos. Fumagalli cobrou falta e Caíque desviou para o gol sem querer, de ombro. Depois disso, a partida seguiu sem maiores emoções até o apito final do árbitro.

O Guarani volta a campo apenas no dia 3 de junho, um sábado, contra o Vila Nova, às 16h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Do outro lado, o Figueirense recebe o Boa na próxima terça-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Os dois jogos serão válidos pela quarta rodada.

FICHA TÉCNICA

GUARANI - Leandro Santos (Vágner); Lenon, Genílson, Diego Jussani e Salomão; Auremir, Evandro (Denner), Bruno Nazário (Caíque), Fumagalli e Claudinho; Eliandro. Técnico: Osvaldo Alvarez (Vadão).

FIGUEIRENSE - Thiago Rodrigues; Dudu (Juliano), Bruno Alves, Leandro Almeida e Iago (Renan Motta); Zé Antônio, Dudu Vieira e Jorge Henrique; Robinho (Índio), Luidy e Henan. Técnico: Márcio Goiano.

GOLS - Bruno Nazário, aos 7 minutos do primeiro tempo; Caíque, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Evandro (Guarani); Zé Antônio (Figueirense).

ÁRBITRO - Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Mais conteúdo sobre:
Futebol futebol Guarani Figueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.