Peter Byrne/AP
Peter Byrne/AP

Guardiola vê Liga dos Campeões como teste para 'força' do City

Treinador diz que que só há uma maneira para saber o real nível do seu time: enfrentando as principais equipes

Estadão Conteúdo

31 Outubro 2017 | 18h38

O técnico Pep Guardiola afirmou nesta terça-feira que só há uma maneira para saber o real nível do Manchester City no futebol europeu: enfrentando as principais equipes. Nesta quarta-feira, o treinador terá a oportunidade de começar a compreender o comportamento de seu time, pois enfrentará o Napoli, às 17h45 (horário de Brasília), fora de casa, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

+ Zidane minimiza má fase do Real e diz: 'Gosto quando as coisas ficam difíceis'

"Jogar em Nápoles será uma boa experiência e gosto de jogar contra times assim, pois exigem algo a mais para poder ganhar. E se queremos crescer, temos que enfrentar os maiores. O Napoli sem dúvida é um deles", analisou.

O Manchester City lidera o Grupo H com nove pontos, seis à frente do Napoli, que está em terceiro lugar. O Shakhtar Donetsk está em segundo e enfrenta também nesta quarta-feira, às 17h45, o Feyenoord, que está na lanterna sem pontuar.

Guardiola reconheceu que o City ainda não tem a mesma história de outras equipes e é novo no cenário mundial. Também falou que apesar de ter alguns jogadores mais experiente, a maioria do atual elenco é formada por jovens.

"Temos três jogadores experientes: o espanhol David Silva e os argentinos Nicolás Otamendi e Sergio Agüero. Os demais têm 5, 6, 7 partidas disputadas na Liga dos Campeões. É uma prova para ver se crescemos e estamos em um bom momento para tentar isso", comentou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.