Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Guerrero garante que Flamengo está com 'sangue nos olhos' para final

Equipe rubro-negra enfrenta o Cruzeiro pelo título da Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

25 Setembro 2017 | 15h32

O atacante Paolo Guerrero deixou clara a motivação do elenco do Flamengo para a final da Copa do Brasil diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, em Belo Horizonte. O peruano garante que os jogadores estão cientes de todos os detalhes que podem mudar a história de uma decisão dessa importância e darão tudo de si para conquistar o título.

"São jogos em que todo jogador quer estar. Como jogador de futebol, tenho que dizer que sou um privilegiado por estar dentro do campo e jogando uma final. Então, tem que aproveitar, se motivar e estar atento a que tudo pode acontecer. São segundos que podem decidir um jogo. Como falam aqui, 'sangue nos olhos'. Muito 'sangue nos olhos'. Estamos muito motivados", enfatizou Guerrero em entrevista coletiva nesta segunda-feira no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro.

Guerrero também elogiou o goleiro Alex Muralha, escolhido pelo técnico Reinaldo Rueda como titular contra o time mineiro devido à contusão de Thiago e pelo fato de Diego Alves ter sido contratado após o encerramento do prazo de inscrições na Copa do Brasil.

O atacante peruano, que não disputou a primeira partida da final contra o Cruzeiro por estar suspenso, frisou que o grupo confia no goleiro, apesar das críticas de parte da torcida. "Muralha é um grande goleiro. Ninguém tem duvida dele. Temos muita confiança nele. É uma decisão, todo mundo quer estar em campo e o Muralha nos passa segurança. Está trabalhando muito forte, toda hora está treinando. Para nós, é uma honra tê-lo (no time)", destacou Guerrero.

O elenco do Flamengo treinou nesta segunda no Rio. Depois, a delegação viaja para Belo Horizonte. Na terça, o grupo deverá fazer uma atividade de reconhecimento do gramado do Mineirão. O time precisa vencer o Cruzeiro para conquistar a Copa do Brasil. Em caso de empate, a definição do campeão se dará na disputa de pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.