Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Guerrero quebra jejum e Flamengo derrota o Atlético-MG fora

Futebol

Bruno Cantini|Divulgação

Guerrero quebra jejum e Flamengo derrota o Atlético-MG fora

Peruano volta a marcar após cinco meses de jejum

0

Leonardo Augusto,
Especial para a Agência Estado

27 Janeiro 2016 | 23h46

Depois de passar os anos de 2014 e 2015 perdendo para o Atlético Mineiro, no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, o Flamengo venceu nesta quarta-feira o rival por 2 a 0, em partida disputada no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, com mais de 30 mil torcedores pela rodada inicial da Copa Sul-Minas-Rio. O centroavante peruano Guerrero, que não marcava há cinco meses, fez os dois.

Na próxima rodada do Grupo 3, o Flamengo joga contra o América-MG, em casa, no próximo dia 17. Já o Atlético enfrenta o Figueirense, em Florianópolis, no próximo dia 6, sábado de carnaval.

O primeiro tempo foi completamente dominado pelo Atlético. Logo aos 2 minutos, Giovanni Augusto cobrou escanteio da direita e Leonardo Silva cabeceou no travessão. Aos 11, depois de o Flamengo tentar armar o primeiro avanço ao gol adversário, Patric cortou a jogada e Dátolo puxou contra-ataque. A bola chegou a Pratto, que cruzou. Paulo Victor não alcançou e Giovanni Augusto completou rasteiro. Gabriel tirou.

Aos 20 minutos, Atlético de novo. E mais uma vez com Dátolo, agora em chute muito próximo à trave direita do goleiro rubro-negro. O time da casa não dava sossego. Aos 27, Marcos Rocha cruzou da direita. A bola desviou em Jorge e sobrou para Giovanni Augusto, que chutou forte. Paulo Victor salvou. E o Flamengo, nada. Muito pressionado e sem reação, foi para o vestiário no intervalo no lucro.

Os time voltaram para o segundo tempo sem alterações. E o Flamengo, pela primeira vez na partida, levou perigo ao goleiro Victor. Aos 2 minutos, a bola sobrou par Everton na meia lua. O jogador bateu rasteiro, Victor saltou no canto esquerdo e defendeu. Em seguida, resposta do Atlético. Pratto bateu da direita e Juan tirou de carrinho.

Depois de uma pasmaceira de 20 minutos, o jogo voltou a ficar movimentado por obra do Flamengo. Guerrero chutou de dentro da área para nova defesa de Victor. Dois minutos depois, Marcelo Cirino, que acabara de entrar, chutou de fora da área, mas no meio do gol, facilitando a vida de Victor.

E, aos 22 minutos, o badalado goleiro atleticano não pôde fazer nada em nova investida carioca. Marcelo Cirino recebeu, avançou e tocou para Guerrero que, da meia lua, tocou no canto direito de Victor. Flamengo na frente e fim do jejum de Guerrero. A última vez que havia marcado foi no Brasileirão, em agosto de 2015, em partida contra o São Paulo.

Aos 37 minutos, o Atlético por pouco não empatou. Tiago chutou forte, à esquerda de Paulo Victor. Aos 43, o fim das esperanças atleticanas. Guerrero, de novo, aproveitando toque de Emerson, chutou no canto rasteiro de Victor depois de vencer Leonardo Silva na velocidade. Noite rubro-negra no Mineirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.