Lucas Baptista/Futura Press
Lucas Baptista/Futura Press

Gustavo Henrique passa por nova artroscopia no joelho

Zagueiro sentiu problema no clássico contra o Corinthians, em 10 de setembro, mas operação só foi realizada agora

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2017 | 18h34

O zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, foi submetido nesta quinta-feira, 5, a uma nova artroscopia no joelho esquerdo. A cirurgia em São Paulo foi realizada depois de outra lesão no local sofrida pelo jogador, na vitória no clássico do dia 10 de setembro, diante do Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

+ Copete diz que função tática é responsável por jejum de gols no Santos

+ Ainda sonhando com título, Ricardo Oliveira pede que Santos esqueça o Corinthians

De acordo com comunicado divulgado pelo clube, a operação de Gustavo Henrique aconteceu com sucesso e foi realizada no Hospital do Coração. O jogador tem previsão de alta para esta sexta-feira, mas o Santos evitou determinar o período de afastamento dos gramados.

No último dia 10, Gustavo Henrique precisou ser substituído no clássico sentindo fortes dores no joelho. Inicialmente, o Santos diagnosticou um estiramento de grau 1 no ligamento colateral medial e explicou que não seria necessária cirurgia para correção.

Só que nesta quinta, o clube explicou que o diagnóstico foi alterado. "A lesão era originalmente estável e havia sido já avaliada nas cirurgias prévias, mas com o novo trauma se estendeu e, após observação e ampla discussão médica, frente à piora do quadro clínico, o departamento médico do Santos optou pela artroscopia de correção", disse em nota.

Trata-se de um novo problema no joelho esquerdo de Gustavo Henrique. Em outubro do ano passado, o zagueiro rompeu os ligamentos e foi submetido a cirurgia. Já em abril, precisou passar por uma artroscopia no local. Seu retorno aconteceu após 11 meses de afastamento e, agora, ele só deverá voltar a atuar em 2018.

Mais conteúdo sobre:
Santos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.