Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Hernanes afirma que São Paulo não deverá voltar mais à zona de rebaixamento

'A gente vem em um trabalho de crescimento. Vamos dar continuidade ao trabalho', disse o meia

Ciro Campos, Estadão Conteúdo

01 Outubro 2017 | 19h10

O meia Hernanes, do São Paulo, demonstrou muito otimismo neste domingo para falar sobre o destino do time no Campeonato Brasileiro. Em entrevista na saída de campo, depois de a equipe ter batido o Sport por 1 a 0, no Morumbi, o jogador afirmou que o resultado positivo deve fazer com que o clube se anime e não volte mais para a zona de rebaixamento depois de ter passado 13 rodadas entre os quatro últimos colocados.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ BLOG DO ANTERO GRECO - Baixou o santo salvador em Sidão…

+ São Paulo bate Sport e deixa a zona de rebaixamento após 13 rodadas

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

O São Paulo ficou metade das rodadas da competição na zona de descenso e esteve nas últimas posições de forma consecutiva durante as últimas oito partidas. "Essa vitória significa uma final de campeonato. A gente conseguiu finalmente uma vitória que nos coloca fora da zona de rebaixamento, acredito que agora definitivamente", comentou Hernanes. A equipe ganhou no Morumbi com gol de Marcos Guilherme.

A partida colocou frente a frente dois rivais diretos contra as últimas posições. O resultado fez o São Paulo passar o Sport na classificação. "A gente vem em um trabalho de crescimento. Vamos dar continuidade ao trabalho", afirmou Hernanes, que elogiou a participação decisiva do goleiro Sidão, autor de duas defesas importantes nos acréscimos. "Ele merece essa defesa, pois tem trabalhado firme. Cada um do grupo é importante, e hoje foi a vez de ele salvar o nosso lado", comentou.

A equipe são-paulina só volta a campo no dia 11, quando enfrenta outro rival direto para fugir das últimas posições da tabela, o Atlético-MG. A partida será no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.