Herói da Copa Africana anuncia aposentadoria da seleção da Costa do Marfim

Herói da Costa do Marfim na Copa Africana de Nações, o goleiro Boubacar Barry anunciou nesta terça-feira a aposentadoria da sua seleção. Aos 35 anos, ele afirmou que precisa "dar lugar para os jogadores da nova geração".

Estadão Conteúdo

03 Março 2015 | 16h09

"Estou muito satisfeito por ter contribuído com a seleção e por ter trazido tanta alegria ao povo da Costa do Marfim", declarou o goleiro, que fez sua estreia com a camisa da seleção marfinense em 2000.

Barry foi o herói do título da Costa do Marfim no início de fevereiro por ter sido decisivo na disputa de pênaltis. O goleiro defendeu uma cobrança de Gana e converteu ele mesmo a penalidade seguinte, encerrando a disputa pelo placar de 9 a 8 e colocando um fim ao jejum de troféus da sua seleção - o time não tinha uma conquista desde 1992.

O desempenho decisivo de Barry, que defende o time belga Lokeren, foi ainda mais surpreendente porque ele quase ficou de fora da final. Só entrou em campo porque o titular Sylvain Gbohouo se machucou antes do jogo decisivo.

Mais conteúdo sobre:
futebol Costa do Marfim Boubacar Barry

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.