Reprodução/Twitter/ConmebolFF
Reprodução/Twitter/ConmebolFF

Heroína no título do Corinthians, goleira Lelê celebra: 'A América é nossa'

Alvinegro se sagrou campeão na noite deste sábado ao vencer o Colo Colo-CHI no Paraguai

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2017 | 11h58

Depois de escrever seu nome na história do Corinthians/Audax ao ser a heroína do primeiro título da Libertadores Feminina do time, a goleira Lelê não escondeu a emoção. Ainda em Assunção, após a vitória nos pênaltis sobre o Colo Colo, na decisão de sábado, a jogadora foi só alegria ao falar sobre a conquista.

+ Corinthians bate Colo Colo nos pênaltis e conquista a Libertadores feminina

Mesmo distante do Brasil, Lelê exaltou o papel da torcida corintiana e dedicou o título a ela. "Torcida, o título é nosso. Vocês têm participação nisso, é de vocês também. Vai, Corinthians! A América é nossa!", celebrou, em entrevista às redes sociais do clube.

Depois de um empate sem gols no tempo normal, o duelo decisivo foi para os pênaltis no Paraguai. E foi aí que apareceu a estrela de Lelê. A goleira defendeu duas cobranças e se tornou a grande heroína da conquista ao definir o placar de 5 a 4 nas penalidades.

"A ficha não caiu muito ainda, vai demorar um pouco. Mas os sentimentos que tenho são de alegria, felicidade, gratidão. Acho que é isso que resume tudo que aconteceu. Vai demorar um pouquinho, mas logo a ficha cai", disse ela.

Lelê ainda explicou que provocou as jogadoras rivais após a defesa do primeiro pênalti. "Até pela partida, como foi, eu falei: 'Não vão tirar o que é nosso'. Vim para resolver e ser campeã da Libertadores", comentou.

O Corinthians conquistou de forma invicta a Libertadores Feminina. Ao longo da campanha, venceu o paraguaio Sportivo Limpeño (2 a 0), o boliviano Deportivo Ita (6 a 1) e o colombiano Santa Fe (2 a 1) na fase de grupos e o paraguaio Cerro Porteño (3 a 0) nas semifinais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.