Hiddink: atração no jogo das Coréias

O amistoso entre a Coréia do Sul e a do Norte, em Busan, no dia 9 de setembro, é mais um passo para a aproximação dos dois países, separados desde 1953. O técnico holandês Guus Hiddink, herói por ter levado a Coréia do Sul às semifinais da Copa, poderá ficar no banco de reservas.

Agencia Estado,

09 Agosto 2002 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.