Peter Dejong/AP
Peter Dejong/AP

Holanda empata no fim e situação é delicada nas eliminatórias

Sneijder faz, equipe busca 1 a 1 com a Turquia, mas continua em 3º

Estadão Conteúdo

28 Março 2015 | 19h25

A Holanda conseguiu empatar em 1 a 1 com a Turquia neste sábado, em casa, graças a um gol de Sneijder nos acréscimos da partida. O resultado, no entanto, mantém a seleção de Guus Hiddink em situação complicada na luta por uma vaga na Eurocopa de 2016.

A equipe ocupa apenas a terceira colocação do Grupo A das Eliminatórias com sete pontos, seis a menos do que a líder República Checa e cinco atrás da Islândia, a segunda colocada. A Turquia aparece em quarto com cinco. Pelas regras do torneio classificatório, apenas os dois primeiros colocados de cada grupo, além do melhor terceiro colocado, garantem vaga no principal torneio de seleções da Europa - as outras seleções que ficarem em terceiro lugar vão disputar uma repescagem. 

A Turquia abriu o placar aos 37 minutos do primeiro tempo com Burak Yilmaz. O time holandês, na base do desespero, pressionou o adversário na etapa final e encontrou o gol apenas aos 47 minutos da etapa final. Sneijder bateu de fora da área, a bola desviou em Huntelaar e enganou Babacan.

Nos outros jogos do grupo, a líder República Checa tropeçou em casa e empatou em 1 a 1 com a Letônia, a penúltima colocada. A Islândia continua firme rumo à Eurocopa com uma vitória de 3 a 0 sobre o lanterna Casaquistão.

GRUPO B

A seleção de País de Gales assumiu a liderança do Grupo B graças a uma grande atuação de Bale. O atacante do Real Madrid marcou dois gols na vitória por 3 a 0 sobre Israel fora de casa. Ramsey fez o outro gol da seleção que foi a 11 pontos e ficou dois à frente da adversária, a segunda colocada. 

A Bélgica goleou Chipre por 5 a 0, em casa, e manteve viva as esperanças de classificação para a competição europeia. Fellaini, com dois gols, foi o destaque da partida. Benteke, Hazard e Batshuayi completaram a goleada. Os belgas estão na terceira colocação, com oito pontos. Chipre é o quarto colocado com seis.

No duelo entre as piores equipes do grupo, Dzeko marcou os três gols da Bósnia na vitória por 3 a 0 sobre Andorra fora de casa. Os visitantes foram a cinco pontos na quinta colocação enquanto que os anfitriões seguram a lanterna sem ainda ter pontuado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.