1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Hulk diz que deixou treino por precaução e espera jogar

LEANDRO SILVEIRA - Agência Estado

15 Junho 2014 | 12h 23

Titular absoluto da seleção brasileira, o atacante Hulk sentiu dores musculares durante o treino coletivo deste domingo, na Granja Comary, na última atividade do grupo antes da viagem para Fortaleza, que receberá nesta terça-feira o segundo compromisso da equipe na Copa do Mundo - o duelo com o México, no Castelão. Logo depois da atividade, ele próprio deu entrevista coletiva para explicar que saiu do campo "por precaução" e avisou que dá para jogar contra os mexicanos.

"No treino, tive duas finalizações e senti uma dorzinha, saí por precaução. São apenas dois dias para o jogo. Espero estar 100%", afirmou Hulk, em entrevista coletiva neste domingo em Teresópolis (RJ), logo depois do treino. "Dá para jogar, espero que não tenha sido nada de demais."

Após fazer um gol durante o treino, com cerca de 10 minutos de atividade, Hulk deixou o campo imediatamente, com dores na coxa esquerda. Ele foi atendido na sequência por Luiz Rosan, fisioterapeuta da seleção, e deu seu lugar no time titular ao volante Ramires.

"Primeiro, pedi a Deus para ser só um incômodo. Saí por precaução. Quero jogar todos os jogos, ainda mais sendo um jogo no Nordeste. Espero estar bem para o jogo, ajudar a seleção", disse Hulk. "Estou bem, tranquilo. Dá para jogar, em Copa do Mundo temos que enfrentar tudo."

O atacante do Zenit já havia dado um susto anteriormente, no último treinamento em Teresópolis antes da equipe seguir para a estreia na Copa do Mundo em São Paulo. Naquela oportunidade, porém, Hulk participou da vitória por 3 a 1 sobre a Croácia, mas o técnico Luiz Felipe Scolari admitiu que ele atuou fora das condições ideais.

Agora, Hulk tem dois dias para se recuperar da "dorzinha" muscular e voltar a ser titular da seleção brasileira no segundo jogo da Copa do Mundo, nesta terça-feira, contra o México, em Fortaleza.

Copa 2014