Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Ibrahimovic 'pede' estátua no lugar da Torre Eiffel para ficar no PSG

Futebol

Ibrahimovic 'pede' estátua no lugar da Torre Eiffel para ficar no PSG

Sueco tem contrato só até o meio da temporada com o PSG

0

Estadão Conteúdo

13 Março 2016 | 17h18

Ibrahimovic marcou quatro gols e comandou neste domingo o Paris Saint-Germain na vitória avassaladora por 9 a 0 sobre o Troyes, que garantiu o tetracampeonato francês ao clube da capital, com oito rodadas de antecedência. Principal jogador do time nas últimas temporadas, ele reagiu com ironia ao ser questionado sobre seu futuro.

Com contrato até julho, o jogador de 34 anos brincou sobre as condições que exigirá para permanecer no PSG. "Se substituírem a Torre Eiffel pela minha estátua, fico no PSG, prometo", comentou em entrevista à TV BeIN Sports.

O jogador sueco desperta o interesse de clubes da Inglaterra e dos Estados Unidos e afirmou que a tendência é mesmo trocar de clube. "No momento, eu não estarei no PSG na próxima temporada. Eu ainda tenho um mês e meio aqui", completou.

Com os quatro gols neste domingo, Ibrahimovic se isolou ainda mais na artilharia da competição agora com 27 gols - seu companheiro de time, Cavani, aparece em segundo lugar, com 14. Tudo indica que o atacante baterá seu recorde de gols na competição - há três temporadas ele marcou 30 vezes. De qualquer maneira, ele já é o maior artilheiro da história do clube com 141 gols, 102 só no Francês.

O técnico Laurent Blanc exaltou o desempenho de Ibrahimovic na temporada e torce por sua renovação. "Ele é um competidor excepcional. O time precisa de líderes como ele", comentou.

Classificado na Liga dos Campeões para as quartas de final, o PSG terá a semana livre para comemorar. Na sexta-feira, após sorteio, conhecerá seu próximo adversário no principal torneio de clubes da Europa. A volta aos gramados será no próximo domingo, para cumprir tabela, diante do Monaco, pela 31ª rodada do Campeonato Francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.