1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Futebol Internacional

Ícone geek, ex-jogador búlgaro Trifon Ivanov morre aos 50 anos

- Atualizado: 13 Fevereiro 2016 | 11h 49

Capitão da seleção quarta colocada na Copa do Mundo de 1994 morreu após sofrer ataque cardíaco

Faleceu neste sábado, aos 50 anos, vítima de um ataque cardíaco, o ex-zagueiro Trifon Ivanov, um dos maiores jogadores da história da Bulgária. Capitão do time que terminou no quarto lugar a Copa do Mundo de 1994, ele também disputou o Mundial em 1998 e jogou a Eurocopa de 1996, na última grande geração do futebol búlgaro, que depois só se classificou mais uma vez ao torneio continental.

Apelidado de 'lobo' em seu país natal, uma vez que tinha boa parte do rosto coberto por barba ou pelos longos cabelos bagunçados, Ivanov virou ídolo geek no Brasil. Em homenagem a ele, todo ano é disputada em São Paulo a 'Copa Trifon Ivanov', que tem lista de espera para inscrições.

Como jogador, Ivanov fez 86 partidas pela seleção da Bulgária. Nos clubes, defendeu o Etar Veliko Tarnovo, da sua cidade natal, CSKA Sofia, Bétis (Espanha), Neuchatel Xamax (Suíça), Rapid Viena, Áustria Viena e Floridsdorfer, todos da Áustria. Pelo CSKA Sofia, principal clube da Bulgária, ele atuou em quatro oportunidades.

Ivanov é um dos principais jogadores na história do futebol búlgaro
Ivanov é um dos principais jogadores na história do futebol búlgaro

Futebol Internacional
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX