Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Inter goleia Sampaio Corrêa e fica muito perto da próxima fase da Copa do Brasil

Colorado aplica 4 a 1 sobre maranhenses, fora de casa

Estadão Conteúdo

08 Março 2017 | 23h46

Com gols de Paulão, Nico Lopez e Brenner, que balançou as redes duas vezes, o Internacional goleou o Sampaio Corrêa por 4 a 1, na noite desta quarta-feira, no estádio Castelão, em São Luís (MA), e abriu enorme vantagem na terceira fase da Copa do Brasil.

Com o resultado, a equipe gaúcha poderá até perder por 3 a 0 no confronto de volta do mata-mata, na próxima quarta-feira, às 21h45, no Beira-Rio, em Porto Alegre, tendo em vista o maior peso dos quatro gols que marcou fora de casa para efeito de desempate.

Antes deste duelo em casa, o time colorado vai até Caxias do Sul para enfrentar o Juventude, às 16 horas, no estádio Alfredo Jaconi, neste domingo, pela próxima rodada do Campeonato Gaúcho, no qual ocupa a incômoda sétima posição, fruto de um péssimo início de temporada sob o comando do técnico Antonio Carlos Zago.

O JOGO

Vindo de um empate por 2 a 2 com o Grêmio no clássico no último domingo, na casa do arquirrival, pela rodada passada do Estadual, o Inter tratou de ir para cima do Sampaio Corrêa para justificar o seu favoritismo na noite desta quarta.

Já aos 2 minutos assustou o goleiro do time da casa, Jean, em chute cruzado da esquerda de Nico López que passou por cima do gol. Muito mais qualificado do que o adversário, a equipe colorada voltaria a chegar ao ataque com perigo aos 11 minutos, quando começou a aparecer a vocação de D'Alessandro para dar assistências em um cruzamento que foi completado por Anselmo, de cabeça, por cima da meta.

Depois disso, o Inter começou a sofrer um pouco mais para criar jogadas ofensivas, mas acabou achando o seu primeiro gol por meio de um lance de bola parada. Em jogada ensaiada, D'Alessandro tocou para Nico López, que recebeu livre na entrada da área graças a uma enorme falha de marcação do setor defensivo do adversário, finalizou e viu Jean dar rebote. Paulão aproveitou e tocou para as redes em seguida: 1 a 0.

O mesmo meio-campista argentino voltaria a testar o goleiro em chute de fora da área logo depois, aos 36 minutos, após aproveitar uma bola sobrada.

A etapa inicial acabou mesmo em 1 a 0, mas o placar voltou a ser movimentado já aos 4 minutos do segundo tempo. D'Alessandro lançou do meio-campo para Nico López. Um defensor ainda tocou de leve na bola, mas ela sobrou para o atacante, que ficou na cara do gol, driblou o goleiro e tocou para as redes.

Aos 8, em nova investida que envolveu a dupla de gringos, D'Alessandro recebeu do lado esquerdo da grande área e cruzou para Nico López, já com o goleiro batido, chutar e ver um zagueiro evitar o gol, desperdiçando grande oportunidade.

O Sampaio Corrêa já parecia totalmente vencido em campo, mas animou o seu torcedor aos 11 minutos. Em falta de perto da meia-lua, o volante Daniel Barros, que havia substituído o lateral Artur após o intervalo, bateu com categoria no canto direito do goleiro Danilo Fernandes, que ficou pregado no chão, e descontou para 2 a 1.

O Inter, porém, esfriou em um intervalo de apenas dois minutos o esboço de reação da equipe da casa. Aos 18, D'Alessandro bateu escanteio da esquerda e Paulão escorou de cabeça para Brenner bater de primeira: 3 a 1. E, já em seguida, aos 20, após uma bola ajeitada por Nico López pela direita, Alemão tentou o chute diagonal de perto do bico da grande área e pegou mal na bola, mas Brenner estava no meio do caminho e marcou mais um para decretar o 4 a 1.

Ao marcar duas vezes, Brenner passou a contabilizar cinco gols na artilharia da Copa do Brasil e ajudou o Inter a aumentar a sua invencibilidade para nove jogos, sendo que neste período o time acumulou seis vitórias e três empates. A equipe não sabe o que é uma derrota desde quando caiu por 2 a 1 diante do Novo Hamburgo, no dia 4 de fevereiro, pelo Campeonato Gaúcho.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.