Inter, Juve e Roma no páreo na Itália

Internazionale e Juventus não baixam a guarda e fazem sombra à Roma, na briga pelo título italiano da temporada de 2001-2002. A equipe milanesa bateu o Lecce por 2 a 1, fora de casa, e foi a 56 pontos. Com isso, divide o primeiro lugar com os romanos, embora tenham menor saldo de gols. Já o time de Turim ganhou do Verona por 1 a 0, tem 55 e fica à espreita dos dois grandes rivais, que domingo se enfrentam no Estádio Giuseppe Meazza pela 28.ª rodada. Inter teve trabalho no campo do Lecce, e só aliviou um pouco a pressão aos 40 minutos do primeiro tempo, com o gol de Alvaro Recoba. O uruguaio ampliou aos 22 da fase final e Vugrinec descontou em cima da hora, para compensar pênalti que havia desperdiçado aos 35 minutos (Toldo defendeu). Os titulares da Inter descansam nesta segunda-feira, mas os reservas treinam para o jogo com o Valencia, na Espanha, quinta-feira, pela Copa Uefa. Ronaldo também participa do exercício, mas ficará longe da imprensa, assim como os demais jogadores. O técnico Héctor Cúper avisou que a sessão será fechada. Talvez para ficar à vontade e dar bronca em seu elenco. O argentino não gostou do desempenho da equipe, com duas exceções. ?Quando o conjunto não vai bem, precisamos contar com o talento individual?, analisou. ?Felizmente, Recoba e Toldo fizeram isso por nós.? A 15.ª vitória da Juventus veio com gol do checo Nedved aos 38 minutos do duelo com o Verona. O Chievo, sensação até a metade do torneio, suou para empatar em casa por 1 a 1 com o Venezia, mas se mantém em 5.º lugar, com 42 pontos e briga por vaga para a Copa Uefa. Mais tranqüila foi a partida da Roma, nos 3 a 1 contra a Atalanta, na noite de sábado, no Estádio Olímpico. Montella (2) e Carrera (contra) fizeram para os atuais campeões, enquanto Doni descontou. No último jogo da noite de domingo, o Milan venceu o Torino por 2 a 1 e tem agora 41 pontos, na sexta posição.

Agencia Estado,

17 Março 2002 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.