Ricardo Duarte/SC Internacional
Ricardo Duarte/SC Internacional

Inter sofre, mas vence Criciúma e se consolida na ponta da Série B

Líder, time colorado abriu seis pontos de vantagem para o 2ª colocado

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2017 | 18h54

Com o que tem de melhor em campo, o Internacional sofreu, mas venceu o Criciúma por 3 a 2 e disparou na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo foi realizado neste sábado, no estádio Heriberto Hülse, sendo válido pela 31.ª rodada.

+ Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

+ Leia mais notícias sobre o Internacional

+ Ex-Inter, lateral Paulo Magalhães sofre laceração pulmonar em jogo no Chile

Com o resultado, o time gaúcho chegou aos 61 pontos e deu mais um passo rumo ao acesso à elite do futebol brasileiro. Já o Criciúma, que conheceu sua terceira derrota seguida, continua no meio da tabela, com 42 pontos. Parece fora da briga pelo G4, mas também quase livre da ameaça de queda.

O time gaúcho começou o jogo dando indícios de que golearia. Jogava com uma tranquilidade acima da média e abriu o placar logo aos seis minutos. Em boa jogada de contra-ataque, D'Alessandro acionou Leandro Damião, que cruzou para Eduardo Sasha. O atacante dividiu com o zagueiro adversário e viu a bola parar no fundo das redes.

O gol só deixou o Inter mais envolvente. O Criciúma sentiu o golpe e levou o segundo aos 15 minutos. Em cobrança de falta de D'Alessandro, Victor Cuesta cabeceou para defesa de Luiz. Na sobra, o próprio zagueiro completou para o gol de perna esquerda.

Debaixo de protestos da torcida adversária, o Inter por muito pouco não fez o terceiro. D'Alessandro cobrou escanteio e jogou na trave, quase fazendo um belo gol olímpico. Só que o Criciúma resolveu jogar e empatou aos 32 minutos, quando Maranhão cobrou falta para Edson Borges. O zagueiro tocou bem de cabeça, pegando Danilo Fernandes no contrapé. O time catarinense ainda tentou buscar o empate no fim, mas acabou indo atrás do marcador para o intervalo.

No segundo tempo, o time gaúcho relaxou e cedeu o empate ao Criciúma. Aos 14 minutos, Silvinho invadiu a área e acabou sendo derrubado por Danilo Silva, que cometeu pênalti. O próprio Silvinho foi para a cobrança, chutou forte no meio do gol, e deixou o placar em 2 a 2.

Mas foi bem quando a equipe catarinense estava perto da virada que o Inter fez o terceiro gol. Aos 38 minutos, Camilo fez um cruzamento espetacular para Carlos. Livre dentro da área, o ex-atacante do Atlético Mineiro dominou com categoria e tocou na saída de Luiz, dando números finais ao confronto.

Na próxima rodada, o Criciúma enfrenta o Paysandu na sexta-feira, às 21h30, no Mangueirão, em Belém. No sábado, o Inter recebe o Ceará, às 17h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre, em confronto direto pelo acesso e que deve reunir grande público.

FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 2 X 3 INTERNACIONAL

CRICIÚMA - Luiz; Maicon Silva, Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto (Douglas Moreira), Ricardinho (Fabinho Alves), Caique (João Henrique) e Alex Maranhão; Silvinho e Lucão. Técnico: Beto Campos.

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Alemão (Junio), Danilo Silva, Victor Cuesta e Uendel; Edenílson, Rodrigo Dourado e DAlessandro (Camilo); William Pottker (Carlos), Eduardo Sasha e Leandro Damião. Técnico: Guto Ferreira.

ÁRBITRO - Wagner Reway (MT)

GOLS - Eduardo Sasha, aos seis, Victor Cueta, aos 15, e Edson Borges, aos 32 minutos do primeiro tempo. Silvinho, aos três, e Carlos, aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Nino, Diego Giaretta, Douglas Moreira e Barreto (Criciúma); Danilo Silva, Carlos e Rodrigo Dourado (Internacional).

PÚBLICO - 10.122 torcedores.

RENDA - R$ 315.320.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.