1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Interino aposta em Luiz Felipe Scolari após derrota do Grêmio

André Jardine acredita que com Felipão as coisas vão dar certo 

Depois de sofrer sua segunda derrota seguida no Brasileirão, o Grêmio se apegou à figura de Luiz Felipe Scolari para tranquilizar a torcida e recuperar a confiança na sequência do campeonato. Felipão foi anunciado como novo treinador do time na terça-feira, mas só assumirá o cargo nesta segunda.

"Com o Felipe, as coisas vão começar a dar certo", prometee o interino do Grêmio, André Jardine, após a derrota de virada para o Vitória, por 2 a 1, na noite de sábado. "Acho que o Felipe gostou mais do que não gostou. Espero que reconheça o esforça que o grupo todo teve".

Sem esconder o incômodo pelo resultado em Salvador, Jardine acredita que Felipão é o nome certo para acertar os detalhes que tiraram a vitória do Grêmio nos últimos dois jogos - na rodada passada, a derrota para o Coritiba também foi de virada.

RS - FUTEBOL/TREINO GREMIO  - ESPORTES - Novo treinador do Gremio, Luiz Felipe Scolari, observa os jogadores do Gremio durante o treino da tarde desta quarta-feira, na preparacao para o Campeonato Brasileiro 2014. Mais de 8 mil pessoas acompanhar o primeiro trabalho de Felipao na terceira passagem pelo Tricolor. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
RS - FUTEBOL/TREINO GREMIO - ESPORTES - Novo treinador do Gremio, Luiz Felipe Scolari, observa os jogadores do Gremio durante o treino da tarde desta quarta-feira, na preparacao para o Campeonato Brasileiro 2014. Mais de 8 mil pessoas acompanhar o primeiro trabalho de Felipao na terceira passagem pelo Tricolor. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

"O Felipe é um dos técnicos mais vencedores do futebol brasileiro e vai conseguir fazer este time reagir. Eu acredito que este grupo ainda pode brigar por uma vaga na Libertadores e quem sabe até pelo título nacional", aposta o interino, que fará parte da nova comissão técnica gremista.

"Acho que o Felipe gostou do que viu. A única coisa que não gostou no segundo tempo foi de ter recuado. A nossa linha da defesa tem que se sentir confiante. Estamos em um momento de transição. Mas houve indignação [com a derrota]", diz Jardine, referindo-se à postura dos jogadores quanto ao próprio desempenho da equipe.

Já o diretor de futebol do Grêmio, Rui Costa, mostrou indignação com a arbitragem de Sandro Meira Ricci. Para ele, o juiz errou no lance dos dois gols do Vitória. "Se o juiz não erra em dois lances capitais, o Grêmio sairia daqui com uma vitória. Os erros do árbitro foram decisivos", reclamou.