1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Internacional ganha do Fluminense e fica em terceiro lugar na Florida Cup

- Atualizado: 21 Janeiro 2016 | 00h 05

O Internacional voltará para o Brasil bem satisfeito com o que fez na Florida Cup, torneio amistoso que reúne nove clubes de cinco países. Nesta quarta-feira, o time gaúcho derrotou o Fluminense por 1 a 0, na cidade de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, e ficou com a terceira colocação da competição. Na estreia, havia empatado por 3 a 3 com o Bayer Leverkusen, que ficou com o vice por ter recebido menos cartões amarelos. O Atlético Mineiro foi o campeão com duas vitórias.

No lado do Fluminense, Ronaldinho Gaúcho mais uma vez entrou em campo - jogou o terço final da partida - mesmo não fazendo mais parte do elenco. Pouco fez de bom e não reeditou a dupla com o centroavante Fred, mais uma vez poupado nesta pré-temporada. E o time carioca volta ao Brasil com a marca negativa de ainda não ter vencido uma vez sequer na Florida Cup - em duas participações, em 2015 e 2016, um empate e três derrotas.

Como estão em período de pré-temporada, Fluminense e Internacional pouco criaram ofensivamente. O jogo teve nível técnico baixo, provocando muitas faltas - nos 10 primeiros minutos, dois jogadroes colorados já haviam recebido cartão amarelo.

As coisas só melhoraram na parte final da etapa. Aos 36 minutos, Cícero aproveitou marcação frouxa e chutou da intermediária. Alisson pulou e mandou para escanteio. No lance seguinte, Vitinho contou com toque no braço para vencer três adversários e servir Eduardo Sasha. O atacante invadiu a área e chutou rasteiro, em diagonal, no canto esquerdo de Diego Cavalieri para fazer 1 a 0.

No segundo tempo, o técnico Eduardo Baptista trocou metade do time do Fluminense e nada mudou. Nem mesmo a entrada de Ronaldinho Gaúcho, aos 26 minutos, ajudou.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX