Divulgação
Divulgação

Internacional joga com 'obrigação' de vitória contra o Emelec

Gaúchos tentam igualar equatorianos na liderança do Grupo 4

Estadão Conteúdo

04 Março 2015 | 07h21

O Internacional entra em campo às 22 horas desta quarta-feira, no Beira-Rio, com a obrigação de vencer o Emelec. Depois de um clássico sem sal contra o Grêmio pelo Campeonato Gaúcho, a equipe colorada volta às atenções para a Libertadores precisando não apenas fazer o dever de casa, mas também não deixar os equatorianos desgarrarem na liderança.

Afinal, o Emelec lidera o Grupo 4 com seis pontos em dois jogos, enquanto o Inter tem apenas três, empatado com o The Strongest na segunda posição. Qualquer resultado que não a vitória faria os gaúchos irem para o returno em desvantagem, já tendo feito dois dos três jogos em casa.

O técnico Diego Aguirre, entretanto, tem três desfalques para escalar o Inter: o volante chileno Charles Aránguiz (desconforto muscular), o meia Anderson (lesão na coxa esquerda) e o zagueiro Ernando (contratura na região lombar). Já o atacante Nilmar, que cumpriu suspensão diante da Universidad de Chile, está novamente à disposição do comandante.

Nilmar cumpriu suspensão diante da equipe chilena, na semana passada, por ter sido expulso na estreia contra o The Strongest. Com ele em campo, Eduardo Sasha voltará a jogar mais recuado no meio-campo, depois de ter conseguido cumprir com competência o papel de atacante na vitória por 3 a 1 sobre a Universidad, no Beira-Rio.

O Emelec, por sua vez, entra em campo em baixa depois de perder pela primeira vez na temporada. Até então invicta, a equipe de Guayaquil levou a pior e caiu diante da LDU, de Quito, sábado, em clássico pelo Campeonato Equatoriano.

Mais conteúdo sobre:
futebol Inter Copa Libertadores Inter Emelec

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.