Ricardo Duarte/ Inter
Ricardo Duarte/ Inter

Internacional quer acabar com jejum contra o Vila Nova e ficar perto da Série A

Time de Guto Ferreira está há três partidas sem vencer, mas segue na liderança da Série B

Estadao Conteudo

11 Novembro 2017 | 07h50

Os últimos tropeços geraram um certo mal estar no Internacional. Com o acesso à elite encaminhado, o clube gaúcho entra em campo neste sábado contra o Vila Nova, às 16h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, para vencer e até com a chance de ficar com os dois pés na Série A em 2018. O time gaúcho não vence há três rodadas, mas ainda lidera o Campeonato Brasileiro da Série B, após 34 jogos. Tem os mesmos 63 pontos do América-MG, outro candidato ao acesso.

+ Guto fecha treino do Inter e mantém dúvida na zaga e no ataque para sábado

+ Leandro Damião desfalca treino e Guto arma Inter com Carlos entre os titulares

Sem ganhar há três partidas, o Internacional vem de dois empates seguidos diante de times que estão lutando contra o rebaixamento - Luverdense (2 a 2) e CRB (0 a 0). Antes, o time comandado pelo técnico Guto Ferreira havia sido derrotado pelo Ceará, em casa, por 1 a 0. Os resultados queimaram a "gordura" adquirida pelos gaúchos, que estão na liderança com os mesmos 63 pontos do América-MG, só na frente devido ao número de vitórias (18 contra 17).

O Vila Nova também não se encontra em um bom momento. Com 53 pontos, os goianos estão sem vencer há quase um mês - a última vitória foi sobre o Criciúma por 1 a 0, no dia 17 de outubro - e ainda sonham em conquistar o acesso à elite.

Nesta sexta-feira, Guto Ferreira fechou o treinamento para a imprensa e não deu pistas de qual será o time titular. Os principais problemas estão no setor defensivo. Klaus, Ernando, Victor Cuesta e Danilo Silva seguem vetados pelo departamento médico. Assim, o meio da defesa deve ser novamente formada por Thales e Léo Ortiz.

No ataque, o treinador colorado dificilmente poderá contar com o artilheiro Leandro Damião, que foi substituído durante o empate diante do Luverdense, após marcar os dois gols do time. Caso o atacante não reúna condições de jogo, Guto Ferreira deve escalar Carlos ao lado de William Pottker e Eduardo Sasha.

Assim como o Internacional, o Vila Nova também fechou os treinamentos que antecederam ao confronto. Ainda em observação por causa de uma pancada na cabeça sofrida no jogo contra o Paysandu, o atacante Moisés vai desfalcar o time mais uma vez. Por outro lado, o técnico Hemerson Maria tem o retorno de Tiago Adan, que cumpriu suspensão automática e vai comandar o ataque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.