1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Irritado, Modesto pede 12 milhões de euros por Ricardo Oliveira

- Atualizado: 24 Fevereiro 2016 | 17h 47

Presidente vai notificar a Fifa por assédio dos clubes chineses

O presidente Modesto Roma Junior fixou em 12 milhões de euros (R$ 52 milhões) a saída do atacante Ricardo Oliveira do Santos. Após reunião com o Comitê Gestor, o dirigente definiu um valor menor que a multa rescisória, mas mostrou indignação com o que chamou de assédios nos chineses. Na proposta inicial, o time do Beijin Guon queria levar o atacante Ricardo Oliveira de graça.

"Fixamos a saída do Ricardo Oliveira em 12 milhões de euros. "Os chineses precisam aprender que clube brasileiro não é mercado chinês. Não é chegar e levar. Estamos fazendo notificação à Fifa. Chega dessa palhaçada", afirmou o presidente em entrevista coletiva nesta quarta-feira. "A conversa de ontem é que queríamos que o liberassem sem que pagasse nada ao Santos", esbravejou o presidente.

Ricardo Oliveira não atuou contra o Mogi Mirim

Ricardo Oliveira não atuou contra o Mogi Mirim

Ricardo Oliveira está fora do jogo contra o Mogi Mirim

 

Modesto afirmou que abriu processo contra o Beijing Guoian por aliciamento na Fifa. "Nós estamos notificando a Fifa por aliciamento ao jogador. Se quiser falar, pague 12 milhões de euros. É um valor, entendemos que dá espaço para o Santos encontrar um substituto para ele".

O presidente revelou que Ricardo Oliveira quer sair, mas o Comitê fixou o valor de venda posteriormente. "O Ricardo externou o desejo dele de sair. A decisão do Comitê foi posterior à saída dele da reunião. Tivemos outra reunião depois. Durante a reunião, o pessoal do Comitê definiu que saída é por 12 milhões de euros", disse Modesto.

O clube chinês está disposto a pagar ao jogador pouco mais de um R$ 1 milhão por mês, quantia sete vezes maior ao salário atual de R$ 150 mil mensais. "Disse ao Ricardo que não tenho poder para decidir isso isoladamente. Ele tem de entender que estamos em cima da hora. A agilidade é dele, não mais nossa", continuou.

Santos em 2016
Reprodução|SporTV
Santos

O Santos eliminou o jogo de volta na Copa do Brasil ao fazer 3 a 0 no Galvez-AC

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX