Itamar aponta acomodação palmeirense

Os jogadores do Palmeiras saíram rapidamente do estádio para o aeroporto, de onde embarcaram para São Paulo. Mas os poucos que falaram reclamaram da atuação do time. "Eu acredito que tenhamos nos acomodado um pouco. Afinal, tomamos três gols", resumiu Itamar, que neste domingo irritou a torcida em alguns momentos pelo seu individualismo. Já o goleiro Marcos reclamou do espaço dado pelo time. "Nós até conversamos sobre isso. Mas a teoria é uma coisa e a realidade é outra completamente diferente. No jogo não deu para seguir o que combinamos". Sua irritação pelos três gols que sofreu em chutes de fora da área era visível. "Só faz gol assim quem arrisca. Mas o mérito do Ricardo Oliveira no terceiro gol é inegável. Chutou no ângulo inverso e, mesmo me esticando todo, não deu para defender. A Portuguesa teve qualidade. Seria bom se a gente se aperfeiçoasse neste tipo de jogada", ironizou. O zagueiro César foi tão sincero quanto Marcos. E admitiu que o Palmeiras falhou em Rio Preto. "Erramos. E temos que nos aprimorar e jogar pela vitória. Deixamos muitas vezes os atacantes da Portuguesa dominarem a bola com tranqüilidade. Atuamos em um local bom, mas seria melhor se a partida tivesse ocorrido no Parque Antártica."

Agencia Estado,

17 Março 2002 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.