Sebastião Moreira/Efe
Sebastião Moreira/Efe

Itaquerão receberá apenas 40 mil torcedores na partida de domingo

Governo do Estado decide não liberar arquibancadas provisórias do setor Norte

Paulo Favero e Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

29 Maio 2014 | 21h09

SÃO PAULO - O Itaquerão receberá apenas 40 mil pessoas no jogo entre Corinthians e Botafogo, domingo, pelo Brasileirão. A capacidade só foi decidida na noite desta quinta-feira, após emissão laudo do Corpo de Bombeiros e da autorização do Governo do Estado. Assim, as arquibancadas provisórias do setor Norte do estádio não serão utilizadas, apenas as do Sul.

Não era essa a ideia inicial. A Fifa queria testar todas as arquibancadas provisórias e colocar ao menos 50 mil pessoas no estádio. Na abertura da Copa, no dia 12 de junho, quando Brasil e Croácia se enfrentarão no Itaquerão, o local receberá 68 mil torcedores.

A diferença para o jogo contra o Figueirense, primeiro teste oficial do Itaquerão, realizado no dia 18 de maio, também pelo Brasileirão, é que pelo menos uma parte das arquibancadas provisórias será testada dessa vez, a do setor Sul. Naquela oportunidade, o estádio corintiano recebeu 36 mil pessoas.

Assim, a Fifa não conseguirá testar o Itaquerão com capacidade máxima uma vez sequer antes da abertura da Copa. No primeiro jogo oficial no estádio, entre Corinthians e Figueirense, a entidade não ficou completamente satisfeita com a operação. Tanto que pediu para a CBF inverter o mando da partida entre Corinthians e Botafogo, marcada para domingo, para que pudesse usar novamente a arena corintiana.

A venda dos ingressos para o jogo entre Corinthians e Botafogo começou nesta quinta-feira mesmo, apenas para uma parte dos participantes do Fiel Torcedor. Até às 12 horas desta sexta, somente aqueles corintianos com 20 pontos ou mais no programa poderão comprar entrada. O setor mais barato é o Sul Superior, que custa R$ 40 o bilhete.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.