Daniel Augusto/Ag. Corinthians
Daniel Augusto/Ag. Corinthians

Jadson quer voltar a vestir a camisa 10 do Corinthians

Meia tem usado o número 77 durante o Campeonato Paulista

Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

02 Maio 2017 | 19h32

Com a camisa 10 no hexacampeonato brasileiro do Corinthians em 2015, Jadson tem usado o 77 nas costas durante o Campeonato Paulista em sua segunda passagem pelo clube. O simbólico número tem um significado especial na reedição da final entre Corinthians e Ponte Preta depois de 40 anos, mas deve ser deixado de lado pelo meia na sequência da temporada.

Em janeiro, o meia teve de abrir mão do antigo número, usado por Guilherme. Mas com o empréstimo do ex-companheiro ao Atlético-PR, a camisa 10 está livre novamente e pode voltar para seu antigo dono já na Copa Sul-Americana e no início do Campeonato Brasileiro.

"A diretoria falou comigo e a gente entrou em um consenso para o Campeonato Paulista. Foi uma homenagem aos jogadores, ninguém esperava reeditar essa final contra a Ponte Preta. Depois que acabar o Campeonato Paulista, já que o Guilherme não está mais no clube, preferia voltar com a camisa 10. Vou falar com a diretoria, acho que não vai ter problema algum", afirmou.

A atenção agora está voltada para a decisão do Campeonato Paulista, no próximo domingo. Com a vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, em Campinas, o Corinthians está muito perto de levantar a taça de campeão paulista em sua arena. Para Jadson, o título inédito na carreira é mais um estímulo.

"A gente deu um grande passo para conseguir o título, todo mundo sabe a importância do segundo jogo, o Carille tem pedido para os jogadores manterem os pés no chão. Eu nunca tinha conseguido o Estadual, só vice, quero muito conquistar esse título pelo Corinthians. Vai ser um título importante para minha carreira, tomara que dê tudo certo no segundo jogo", projetou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.