Vitor Silva / SS Press / Botafogo
Vitor Silva / SS Press / Botafogo

Jair Ventura festeja e diz que vitória em clássico aumenta confiança

Botafogo fez 2 a 0 sobre o Flamengo antes de encarar o Grêmio na Libertadores

Estadão Conteúdo

11 Setembro 2017 | 09h23

Mesmo às vésperas de enfrentar o Grêmio no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores, o técnico Jair Ventura optou por utilizar os titulares do Botafogo no clássico com o Flamengo, domingo, pelo Campeonato Brasileiro, no Engenhão. E a estratégia deu certo, pois o time derrotou o rival por 2 a 0, ganhando confiança para o compromisso decisivo, como destacou o treinador.

"O importante foi voltar a vencer em casa, segunda vitória consecutiva no Brasileiro, e readquirir ritmo após um período sem jogos. Por isso não foi equipe alternativa. Risco calculado. Vamos reavaliar Leandrinho e quatro (Carli, Rodrigo Lindoso, João Paulo e Marcos Vinícius) amanhã. Não estamos no G6 por saldo de gols, mostra que não abdicamos do Brasileiro. Esse jogo dá confiança, para enfrentar mais uma grande equipe quarta e conseguir a vantagem para busca a classificação", disse Jair.

O treinador também lembrou que o Botafogo encerrou um jejum de dois anos e meio sem vencer o Flamengo e logo após ser eliminado pelo rival nas semifinais da Copa do Brasil, mas rejeitou ver o triunfo como uma "vingança".

"Não se pode comparar, não são todos os jogos iguais, no futebol cada jogo é uma história. Copa do Brasil já foi, importante voltar a jogar bem e vencer, com controle da partida. Na última vitória eu era auxiliar, mas isso não incomoda. Ganhamos do Cruzeiro, Bahia, chegamos longe nas competições. Isso é legal para contar no futuro, mas agora é pensar jogo a jogo, no Grêmio, Libertadores", comentou.

Jair Ventura também destacou que o Botafogo teve postura diferente da usual no clássico do último domingo, sendo agressivo, o que provocou mais erros de passes, mas também levou a equipe a criar mais chances de gol.

"Tentamos ficar mais com a bola, tivemos dificuldades, eles marcaram bastante e erramos. Foi bom em performance, mudamos o jeito de jogar, tivemos 6 finalizações no segundo tempo. Gatito teve uma grande defesa e mais nada. Grande vitória, mas agora é mudar a chave", afirmou.

Com a vitória, o Botafogo chegou aos 34 pontos, em sétimo lugar no Brasileirão. O próximo compromisso do time será o aguardado confronto com o Grêmio pelas quartas de final da Libertadores, na quarta-feira, no Engenhão.

Mais conteúdo sobre:
Botafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.