Jair Ventura só poupará Camilo e usará força máxima do Botafogo na Libertadores

Botafogo encara o Estudiantes nesta quinta-feira

Estadao Conteudo

23 Maio 2017 | 18h06

Após suspense e até mesmo indícios de que poderia utilizar uma equipe mista, o técnico Jair Ventura confirmou nesta terça-feira que usará força máxima diante do Estudiantes pela Copa Libertadores. O confronto que acontece nesta quinta, às 21h45 (de Brasília), na Argentina, representa a oportunidade do Botafogo terminar a fase de grupos na liderança.

"Só quem vai ser poupado é o Camilo, que vem com um incômodo no adutor e está desgastado. Pimpão está suspenso, mas, de resto, tirando o pessoal que está no departamento médico, teremos força máxima", revelou o comandante, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Segundo colocado do Grupo 1 da competição continental, com dez pontos, o Botafogo possui a mesma pontuação do líder Barcelona de Guayaquil (Equador), mas está em desvantagem no saldo de gols (7 a 6). Uma vitória diante do Estudiantes, contudo, pode resultar na conquista do topo da tabela.

"Agora é buscar o primeiro lugar do grupo. Respeitamos o Estudiantes, uma equipe forte, mas vamos atrás da vitória. Decidir em casa é melhor, poder jogar pelo resultado que tem em mãos. Ainda mais com a força da nossa torcida. Então é isso que vamos buscar", explicou Jair Ventura.

Antes de embarcar para a Argentina nesta terça-feira, o elenco botafoguense realizou um treino leve em campo anexo ao Engenhão. Boa parte dos titulares fizeram atividade com bola e depois desceram para o vestiário. Um outro grupo ficou com o treinador em campo reduzido, trabalhando finalização ao gol. Os zagueiros Emerson Santos, Emerson Silva e Marcelo, além dos meias Bruno Silva, Montillo e Camilo e do atacante Sassá, não foram ao gramado.

Mais conteúdo sobre:
Botafogo futebol Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.