Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Jô treina separado e Carille espera pelo atacante para definir o Corinthians

Treinador ainda aguarda para saber se poderá contar com Balbuena e Cássio, convocados por sua seleções nacionais

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2017 | 15h42

O Corinthians realizou mais um treinamento nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, e o suspense sobre a participação do atacante na partida contra o Coritiba, quarta-feira, continua. O jogador treinou mais cedo, não realizou nenhuma atividade com os companheiros e faz com que o técnico Fábio Carille ainda aguarde para definir o time.

+Com Corinthians, Fluminense e Atlético-MG, Florida Cup divulga tabela para 2018

Segundo a assessoria do Corinthians, Jô treinou mais cedo que os demais jogadores, pois precisou ser liberado para resolver assuntos particulares. O clube chegou a divulgar um vídeo, em seu canal no Youtube, mostrando o atacante em ação. A confiança da comissão técnica em contar com o jogador é grande, mas a definição ocorre no treinamento que será realizado nesta terça-feira à tarde.

Mantuan, Rodrigo Figueiredo e Carlinhos se reapresentaram nesta segunda-feira, após reforçarem o time sub-20 que realizou dois amistosos na Espanha. Léo Santos, recuperado de dores no púbis, treinou no gramado e pode ficar a disposição em breve.

Nesta segunda, Carille comandou um trabalho de cruzamentos e finalizações e um treino técnico em espaço reduzido. Além da dúvida sobre Jô, o treinador aguarda para saber se poderá contar com Cássio e Balbuena, que estão com as seleções brasileira e paraguaia, respectivamente, e podem jogar caso não sejam aproveitados pelos times nacionais.

A tendência é que Cássio jogue contra o Coritiba, já que o técnico Tite adiantou que Ederson será o goleiro titular diante do Chile, nesta terça-feira. Já Balbuena deve ser titular diante da Venezuela e dificilmente terá condições físicas de atuar também na quarta-feira.

Romero e Fagner estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e Gabriel também está fora, após ser suspenso por dois jogos pelo STJD por ter cometido um gesto obsceno contra o São Paulo. Marquinhos Gabriel, Léo Príncipe e Camacho serão os substitutos.

Assim, o Corinthians deve ir a campo com Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique (Balbuena), Pablo, Guilherme Arana; Camacho, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Jô (Kazim).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.