Hélvio Romero|Estadão
Hélvio Romero|Estadão

Jogador perde recurso no qual pedia R$ 50 mil do São Paulo

Leandro Bomfim exigia a premiação do Mundial de Clubes de 2005

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2017 | 19h56

O jogador Leandro Bomfim perdeu o recurso no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Nele, o meia de 33 anos pedia o pagamento do prêmio pelo título do Mundial de Clubes de 2005, conquistado pelo São Paulo. Ele era atleta da equipe na época, mas não foi inscrito no torneio que teve vitória do tricolor sobre o Liverpool.

"Os ministros mantiveram o entendimento de que a pretensão do jogador - que não chegou a ser inscrito na competição - é indevida, pois o prêmio era destinado apenas àqueles que estavam à disposição do técnico”, explica o advogado do São Paulo, Mauricio Corrêa da Veiga, sócio do escritório Corrêa da Veiga Advogados.

Os ministros da 7ª Turma do TST rejeitaram o recurso do jogador, que pedia cerca de R$ 50 mil. Bomfim sustentou na ação que os titulares receberam R$ 100 mil e os reservas ganharam metade disso. Como ele foi com a delegação para o Japão, mas acabou cortado por causa de uma lesão, entendeu que deveria também receber a quantia.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo FC Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.