1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Jogadores da Austrália prometem não temer próxima rival Holanda

AE - Agência Estado

17 Junho 2014 | 11h 44

Derrotada pelo Chile na estreia, seleção oceânica já está em Porto Alegre em busca de concentração para atuar bem na 2ª rodada 

Os resultados na primeira rodada do Grupo B da Copa do Mundo não desanimam os jogadores da Austrália. Além de precisarem reagir após derrota na estreia - por 3 a 1 para o Chile, na última sexta-feira -, eles vão enfrentar a líder da chave nesta quarta-feira, em Porto Alegre. Os australianos garantem não vão se intimidar contra a Holanda, que vem de goleada por 5 a 1 aplicada na Espanha, também na última sexta.

"Nós só temos de nos concentrar como um time e nos preocupar com nós mesmos para atuar bem", disse Jason Davidson na segunda-feira. "Claro que vamos enfrentar jogadores de alto nível, assim como contra o Chile, contra quem nós equilibramos a partida. No fim, todos têm duas pernas e dois braços, o que importa é como seu time trabalha coletivamente", afirmou o lateral-esquerdo.

William West/AFP
Jason Davidson garante que time foca em seu próprio desempenho

O meia Mark Bresciano acompanha o raciocínio do colega. "Não acho que vamos ficar com medo. Muitos dos jogadores estavam estreando em um torneio como esse e perdemos para o Chile por causa dos primeiros 20 minutos do jogo. Mas agora acho que temos toda a experiência necessária e que estaremos focados desde o início", afirmou o jogador de 34 anos, veterano dos Mundiais de 2006 e 2010.

Bresciano, porém, reconhece a dificuldade do desafio. "Como podemos pará-los? Temos de torcer para que não estejam no melhor dia deles e tirar proveito disso. Precisamos estar prontos para aproveitar qualquer oportunidade e jogar coletivamente como um time sólido", receitou o atleta do Al-Gharafa, clube do Qatar.

Copa 2014