1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Jogadores destacam posse de bola como virtude do Palmeiras

- Atualizado: 21 Fevereiro 2016 | 07h 00

Gabriel Jesus e Dudu têm tom parecido em entrevistas no pós-jogo

Jogadores e comissão técnica do Palmeiras parecem ter discursos decorados, principalmente após o empate sem gols com o Santos, sábado, no Allianz Parque. Todos citam que o time está em evolução e que resta apenas uma vitória para tudo mudar e a equipe embalar de vez na temporada. Para os atacantes Gabriel Jesus e Dudu, uma das virtudes da equipe está sendo o fato de melhorar na posse de bola.

"Estamos conseguindo ficar com a bola mais do que no ano passado. Temos três volantes que sabem jogar e marcar e isso ajuda mais. Infelizmente, o futebol é resultado e não estamos conseguindo. Mas é só pegar uma sequência que a gente embala", projetou Jesus, que iniciou o clássico com o Santos no banco de reservas.

Já Dudu pede também que os palmeirenses tenham mais capricho no ataque. "A gente treina e conversa muito. O Marcelo sempre conversa com a gente e dá oportunidade para a gente falar. Temos que caprichar mais nas jogadas e se dedicar para as coisas darem certo. Hoje (sábado) tocamos mais a bola. Contra o River (Plate, do Uruguai) tivemos posse de bola boa também."

O atacante só mostra preocupação com o fato das coisas estarem demorando para dar certo ao Palmeiras. "Temos que voltar a jogar bem. Precisamos disso. O campeonato está passando, a Libertadores começou e empatamos um jogo que poderíamos ter ganho. O negócio é continuar trabalhando que as coisas vão melhorar", analisou.

Embora os jogadores destaquem melhora no time, eles negam que estejam satisfeitos. "Todos sabem que a gente pode render mais. Não estamos satisfeitos e é trabalhar focado para conseguir os resultados", disse Gabriel Jesus.

O elenco palmeirense folga neste domingo e volta aos treinos na segunda-feira à tarde, quando o atacante Barrios será reavaliado para saber se terá condições de atuar na quinta-feira, contra o XV de Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra.

Palmeiras em 2016
Divulgação
Palmeiras em 2016

Gabriel Jesus até abriu o placar, mas o Cruzeiro foi forte e virou com dois gols de Willian: 2 a 1

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX