1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Jogadores do Chile condenam a invasão dos torcedores ao Maracanã

Vítor Marques - enviado especial a Belo Horizonte - Agência Estado

20 Junho 2014 | 16h 54

Os jogadores são contra o ato e lamentaram o episódio, porém exaltaram a torcida chilena nas arquibancadas do estádio

Depois da Federação Chilena de Futebol criticar o comportamento dos torcedores chilenos que invadiram o Maracanã na última quarta-feira, os jogadores da seleção também falaram, nesta sexta, sobre o incidente que aconteceu na partida entre Chile e Espanha.

"Os chilenos estão orgulhosos do que estamos fazendo no Mundial, e todos queriam ir ao jogo, mas acho que essa não é melhor forma de fazê-lo. O que aconteceu foi lamentável", afirmou o volante Francisco Silva, que jogou como titular a partida contra a Espanha.

O também volante Carlos Carmona espera que invasões como a que aconteceram não se repitam nunca mais. Mas enalteceu o apoio que o Chile recebeu das arquibancadas. "É uma motivação extra ver tantos chilenos, escutá-los cantando o hino é emocionante", disse.

FILIPE ARAUJO/ESTADAO
O chile ganhou da Espanha por 2 x 0, no Maracanã

TREINO

A seleção chilena vai treinar no CT do Palmeiras no domingo, véspera da partida contra a Holanda, que acontecerá no Itaquerão. A única dúvida do time é a presença do volante Aránguiz. Ele sofreu lesão no joelho diante da Espanha e está em recuperação.

Copa 2014