Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » São-paulinos admitem resultado desastroso contra o São Bernardo

Futebol

Alê Viana

São-paulinos admitem resultado desastroso contra o São Bernardo

Jogadores lamentam falta de atenção na etapa final

0

Ciro Campos,
Estadão Conteúdo

05 Março 2016 | 18h58

A derrota do São Paulo para o São Bernardo neste sábado deixou o time envergonhado no Pacaembu. Ao sofrer a virada e perder por 3 a 1, os jogadores evitaram as entrevistas após a partida e, nas poucas palavras que disseram, admitiram a fraca atuação no segundo tempo e classificaram como um desastre o resultado pelo Campeonato Paulista, que antecede o encontro com o River Plate, na quinta, pela Copa Libertadores.

"A gente alertou para ter atenção, entrar ligado, demos espaços no segundo tempo. Foi um desastre completo. Não aproveitamos as chances", comentou o volante Hudson. Mesmo com os titulares, a equipe levou a virada com três gols no segundo tempo. Na primeira etapa o São Paulo saiu na frente com um gol de Ganso, que completou neste sábado 200 jogos pelo clube do Morumbi.

O camisa 10 comentou que, após o intervalo, o São Bernardo foi superior. "Eles voltaram melhores que a gente e conseguiram os gols", afirmou. O time do ABC estava há cinco partidas sem ganhar e luta contra o rebaixamento na competição. Já o São Paulo acabou sendo ultrapassado pela Ferroviária, nova líder do Grupo C. A equipe de Araraquara recebe o Novorizontino, neste domingo, com chance de abrir vantagem após assumir a ponta pelo melhor saldo de gols que possui em relação ao clube do Morumbi.

"Complica a nossa vida perder. Sempre é ruim. Acho que o time no segundo tempo sentiu um pouco a sequência, abaixou a intensidade. O São Bernardo fez gols de muita sorte, gol contra, mas tem que manter a tranquilidade e não se deixar levar pelo resultado", afirmou o zagueiro Lugano. "Tem que levantar a cabeça e corrigir os erros para que contra o River a gente possa acertar isso. As vaias são justas e precisamos melhorar muito", comentou o zagueiro Rodrigo Caio.

Comentários