1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Jogadores gregos são recebidos como heróis em Atenas

Agência Estado

01 Julho 2014 | 18h 58

Após a eliminação nas oitavas para a Costa Rica, os jogadores foram recebidos como herois pelos gregos; inclusive Gekas

Os jogadores da Grécia foram recebidos como heróis por cerca de 200 torcedores, nesta terça-feira, no Aeroporto Internacional de Atenas. Apesar da eliminação nos pênaltis diante da Costa Rica, a maior surpresa desta Copa do Mundo, no último domingo, os gregos fizeram história: nunca antes o país tinha chegado nas oitavas de final de um Mundial.

"Agradecemos a todas as pessoas que vieram aqui (no aeroporto) e a todos os gregos", disse o meia Kostas Katsouranis à imprensa no momento da chegada. "Infelizmente, não conseguimos dar a eles um pouco mais de alegria por mais tempo. Estamos orgulhosos e agradecemos o reconhecimento dos torcedores", completou.

Um dos jogadores mais agradecidos pela recepção era o atacante Fanis Gekas. Isso porque foi dele o pênalti que transformou o goleiro costarriquenho Keylor Navas em herói e mandou a Grécia de volta para casa. "Para mim isso significa muito. Tanto amor assim é a melhor recompensa para nós", afirmou.

Petros Karadjias/AP Photo
Gekas foi o jogador grego que perdeu o pênalti contra Costa Rica no Recife

Ainda que não tenha sido programada nenhuma cerimônia oficial pela Federação Grega de Futebol ou pelo governo, o país estava representado no local pelo ministro do Esporte, Giannis Adrianos. A autoridade garantiu o compromisso com a construção de um centro de treinamento para a seleção, pedido feito pelos jogadores após rejeitarem o prêmio pela classificação no Mundial.

"Hoje é o dia da nossa seleção", disse Adrianos. "Também quero dizer que é uma obrigação do Estado a questão do centro de treinamento. É um compromisso do primeiro ministro entregá-lo e começará a ser planejado", completou o ministro.

A ausência ficou por conta do treinador português Fernando Santos. Com contrato expirado, o técnico português de 59 anos viajou do Brasil direto para Portugal.