Juan critica lobby na convocação

Apesar da crise que ronda o Flamengo, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, convocou o meia Juninho Paulista e o zagueiro Juan para o amistoso do dia 27, contra a Iugoslávia, em Fortaleza. Juninho criticou a campanha pela convocação de alguns atletas. "Tem muito lobby para a convocação de determinados jogadores, mas estou muito satisfeito por ter sido convocado próximo ao início da Copa." Juan disse confiar na sua convocação para o Mundial. "Tem um grupo que já faz parte da confiança do Felipão, e acho que faço parte dele, mas tenho que trabalhar duro para continuar merecendo esta confiança." O goleiro Júlio César, porém, está mais longe da Copa já que não foi convocado. Nas duas vezes em que foi chamado - contra Bolívia e Arábia Saudita - o jogador ficou no banco de reservas e não atuou. O técnico João Carlos tem uma dúvida para a partida contra a Ponte Preta, neste sábado, pelo Torneio Rio-São Paulo. O atacante Leandro Machado foi substituído na vitória por 5 a 2 sobre o Bangu e ainda não se recuperou da entorse no joelho direito. Caso não tenha condições de jogo, o treinador deve escalar o atacante Roma.

Agencia Estado,

21 Março 2002 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.