Washinton Alves/ Light Press/ Cruzeiro
Washinton Alves/ Light Press/ Cruzeiro

Judivan celebra retorno ao Cruzeiro após mais de dois anos: 'É um recomeço'

Atacante volta para a equipe no duelo contra o Fluminense, domingo, no Mineirão

Estadao Conteudo

11 Novembro 2017 | 19h22

Judivan não escondeu sua emoção neste sábado ao ser relacionado no Cruzeiro para o duelo contra o Fluminense, domingo, às 19 horas, no Mineirão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem atuar há mais de dois anos, o atacante tratou a oportunidade como um recomeço no futebol.

+ Mateus Norton sofre contusão e desfalca o Fluminense contra o Cruzeiro

+ Tudo sobre o Cruzeiro

"Me sinto preparado para estar de volta e ajudar ao Cruzeiro, que é o mais importante. Agora é pensar daqui para a frente. Tenho certeza de que Deus vai abençoar e será só alegria", comentou o atleta. "Depois de tanto tempo, encaro sim como um recomeço. Mas encaro de uma forma ainda mais forte. Hoje me sinto mais fortalecido do que nunca."

Revelado pelo Cruzeiro e com apenas 22 anos, o atacante sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo durante uma partida da seleção brasileira no Mundial Sub-20, em junho de 2015, na Nova Zelândia. Desde então, conviveu com uma série de dramas, como problemas pós-operatórios, novas lesões e cirurgias. Mas, no dia 13 de setembro, enfim, ele voltou a treinar com o grupo. A partir daí Judivan veio seguindo um plano de reabilitação até ser relacionado neste sábado.

Feliz com o retorno, o atacante agradeceu a familiares e torcedores. "O apoio da minha família foi essencial. Sem eles, esse retorno não seria possível", contou. "Em relação à torcida, só tenho a agradecer pelo carinho que sempre teve comigo. Em todos os lugares onde eu vou, sempre fui bem recebido. Nas redes sociais, sempre recebi palavras de incentivo, de força e, com certeza, isso me ajudou muito também. Essa energia positiva que a torcida sempre me passou me ajudou muito."

A reabilitação de Judivan comoveu até mesmo Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro. "A volta do Judivan nos emocionou. A determinação deste jogador é um exemplo para todos do esporte. Sem nunca deixar de acreditar que um dia retornaria aos campos, ele foi vencendo todas as batalhas. Parabéns, Judivan! Esse recomeço é apenas o início de muitas outras vitórias que virão na sua carreira", declarou o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.