1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Julio Cesar reconhece superioridade da seleção alemã

Agência Estado

08 Julho 2014 | 19h 13

Após perder por 7 a 1, o goleiro brasileiro acredita que a Alemanha está em um estágio superior ao do Brasil

Depois do vexame histórico da seleção brasileira, com a derrota por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo, nesta terça-feira, no Mineirão, o goleiro Julio Cesar admitiu a superioridade da Alemanha na partida. Em entrevista na saída do gramado, ele lamentou o humilhante resultado e agradeceu o apoio do torcedor durante toda a campanha na competição.

"Sinceramente, é complicado explicar. Acho que explicar o inexplicável é muito complicado", disse Julio Cesar, o jogador mais experiente do grupo brasileiro nesta edição da Copa. "Temos que reconhecer o grande futebol alemão. É uma equipe que está junta há seis anos. Eles foram muito fortes, temos que reconhecer. Parabéns ao futebol alemão."

Segundo o goleiro, o time brasileiro teve "um apagão" após sofrer o primeiro gol. Depois disso, a Alemanha abriu rapidamente uma vantagem de 5 a 0, o que definiu o jogo ainda na etapa inicial. Mesmo diante de vexame tão grande, Julio Cesar tratou de agradecer ao torcedor. "O povo brasileiro está de parabéns por todo apoio que nos deu."

Nilton Fukuda/Estadão
Julio Cesar aceitou e diz que a Alemanha está muito superior ao que o Brasil vem apresentando

Personagem da eliminação brasileira na última Copa, quando falhou na derrota para a Holanda nas quartas de final da competição de 2010, na África do Sul, Julio Cesar também comparou aquele momento com que viveu nesta terça-feira no Mineirão. "Eu, particularmente, troco a minha falha que carreguei durante quatro anos pelo jogo de hoje. Preferia que terminasse 1 a 0 com erro meu do que 7 a 1", contou o goleiro titular do Brasil.

Copa 2014