Kaio valoriza chance em time alternativo do Grêmio para jogo com Sport no Recife

Tricolor gaúcho joga contra o Fluminense na quarta-feira, pela Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

27 Maio 2017 | 19h58

O volante Kaio valorizou a oportunidade que terá como titular do Grêmio diante do Sport, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, neste domingo, às 18 horas, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva neste sábado, após o último treino da equipe antes do duelo em Pernambuco, o jogador destacou que a missão da equipe "alternativa" é manter o time na liderança da competição.

"Certamente. Isso aqui é um grupo. A gente tem que levar isso com uma ênfase de fazer uma grande partida, de buscar a vitória o tempo todo, de defender a liderança. Porque a oportunidade que é dada pra gente hoje é a mesma que os titulares têm quando jogam. Então, temos que defender isso até o fim", projetou o volante.

Kaio afirmou que a possível falta de entrosamento, um dos fatores considerados negativos quando se utiliza a formação com reservas, não afetará a qualidade de jogo do Grêmio. Para o meio-campista, a deficiência é facilmente corrigida dentro da partida.

"Vai muito na base da conversa. Temos a parte tática dentro do campo e quando a bola rola o jogador de tem que fazer o que o treinador pede. No decorrer do jogo, isso vai fluindo naturalmente", garantiu Kaio, revelando também que o treinador Renato Gaúcho já avisou aos jogadores que mesclará titulares e reservas devido às competições simultâneas que o clube disputa (Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Libertadores).

Nesta quarta-feira, o Grêmio decide a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil diante do Fluminense, no estádio do Maracanã, no Rio, em jogo marcado para 21h45. No jogo de ida, em Porto Alegre, a equipe tricolor gaúcha venceu por 3 a 1, de virada. Portanto, poderá até perder por 1 a 0 e, mesmo assim, estará classificado.

A relação dos 20 escolhidos pelo treinador Renato Gaúcho para o embate contra o Sport - a lista inclui também atletas do chamado grupo de transição, uma espécie de time "B" gremista, tem os seguintes nomes: Beto da Silva, Bressan, Bruno Grassi, Bruno Rodrigo, Conrado, Denilson, Dida, Esperon, Everton, Fernandinho, Jadson, Jaílson, Kaio, Leo, Lima, Machado, Nicolas Careca, Pepê, Rafael Thyere e Raul.

Mais conteúdo sobre:
futebol Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.