1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Klinsmann rechaça jogar pelo empate contra a Alemanha

CIRO CAMPOS - Agência Estado

24 Junho 2014 | 11h 55

O técnico dos Estados Unidos, Jürgen Klinsmann, descartou nesta terça-feira qualquer possibilidade de jogar pelo empate contra a Alemanha, na próxima quinta, no Recife, pela Copa do Mundo. O resultado classifica as duas equipes para as oitavas de final independentemente do placar da outra partida do grupo, entre Gana e Portugal.

"A nossa equipe quer ganhar de qualquer jeito. Entrar em campo para empatar não faz parte do nosso DNA. O vencedor da partida vai entrar mais forte para as oitavas de final e vamos nos empenhar bastante para isso", garantiu Klinsmann em entrevista nesta terça em São Paulo. O alemão afirmou sentir uma emoção especial por enfrentar o seu próprio país e rever colegas com quem trabalhou quando dirigiu a seleção, entre 2004 e 2006.

O temor por um possível jogo sem competitividade entre Alemanha e Estados Unidos preocupa as duas outras equipes do grupo, que ainda sonham com a classificação e relembram a última rodada da primeira fase Copa de 1982, na Espanha. Na ocasião, a Alemanha precisava ganhar de 1 a 0 da Áustria para que ambos se classificassem. Um gol marcado aos 10 minutos de jogo garantiu o placar e eliminou a Argélia, que caiu no saldo de gols, apesar de ter o mesmo número de pontos que os europeus.

Klinsmann disse que mesmo sendo alemão sonha com uma vitória sobre a equipe porque o resultado vai coroar o trabalho realizado com a seleção americana desde 2011, quando assumiu o cargo. "É um jogo muito especial para nós. Vamos enfrentar um dos favoritos ao título da Copa e não é sempre que podemos jogar contra seleções de nível tão alto", comentou.

Copa 2014