Lavezzi pede desculpas após ofender chineses com foto puxando os olhos

Jogador explica que não tinha intenção de ofender ou humilhar os chineses

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2017 | 13h58

O argentino Ezequiel Lavezzi pediu desculpas aos torcedores chineses por ter puxado os olhos numa fotografia publicada em suas redes sociais. O gesto é considerado ofensivo para muitos na China e pegou mal para o atacante que defende o Hebei Fortune desde o ano passado.

Num comunicado publicado pelo clube no último domingo, Lavezzi explicou que a fotografia foi tirada numa sessão para a pré-temporada e disse que não tinha a intenção de ofender ou de humilhar os chineses. "Tenho muita sorte de poder estar trabalhando neste lugar e tenho uma ótima relação com meus companheiros", escreveu o jogador.

"Se esta foto trouxe algum tipo de incômodo ou desconforto entre os torcedores, peço mil desculpas. Aprendi e prometo que isso não vai mais acontecer", prosseguiu o atacante argentino com passagens por clubes como Napoli e Paris Saint-Germain.

O clube, que acertou com Lavezzi durante a onda de grandes contratações que o futebol chinês promoveu nas últimas temporadas, informou que não chegou a exibir ou utilizar a foto para promover o clube oficialmente.

Em 2008, durante a Olimpíada de Pequim, a seleção espanhola de basquete gerou controvérsia por causa de uma foto oficial em que os atletas apareciam puxando os olhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.