Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Leonardo Silva treina e pode voltar ao Atlético-MG no clássico de domingo

Zagueiro esteve afastado da equipe desde o início do mês com uma lesão na coxa esquerda

Estadão Conteúdo

19 Outubro 2017 | 21h02

Menos de 24 horas depois de ser surpreendido diante da Chapecoense em casa, o Atlético-MG se reapresentou nesta quinta-feira e teve ao menos uma boa notícia para comemorar. O zagueiro Leonardo Silva treinou normalmente e pode reforçar a equipe no clássico de domingo diante do Cruzeiro, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

+ Oswaldo de Oliveira diz que expulsão de Elias pesou em derrota do Atlético-MG

Leonardo Silva está afastado dos gramados desde o início do mês, quando sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. De lá para cá, vinha se recuperando e fazendo atividades separado do grupo. Agora, resta saber se o técnico Oswaldo de Oliveira optará por sua escalação na vaga de Felipe Santana.

O reforço de Leonardo Silva pode dar o ânimo e a liderança que o Atlético-MG precisa neste momento complicado. Mas independente de quem estiver em campo, a expectativa é de uma partida bastante difícil, como deixou claro o lateral Fábio Santos nesta quinta.

"Espero um jogo difícil, como foram os outros esse ano, com a gente necessitando mais do placar. Mas a gente sabe que clássico é sempre muito complicado, e tomara que possamos fazer uma boa preparação nesses dois dias antes do clássico para fazer um grande jogo", declarou.

Outro líder do elenco, o lateral admitiu a má fase do Atlético-MG jogando em casa, afinal, a equipe tem uma das piores campanhas do Brasileirão como mandante. O próprio Fábio Santos, porém, ressaltou a necessidade de deixar para trás este momento e reagir na competição.

"A gente chega a um jogo importante, mais uma vez, com a corda no pescoço, mas de maneira tranquila, sabendo que precisa do resultado e bem tranquilo, sabendo que o trabalho vem sendo bem feito. Não vai ser essa derrota para a Chapecoense que vai nos abalar, principalmente com esse trabalho do Oswaldo. Nos últimos jogos, a gente viu uma evolução grande. O Oswaldo é um baita treinador, um cara que sabe motivar todo o elenco, valorizar todos os jogadores. A gente espera da r essa resposta no domingo, um jogo grande, importante, para, quem sabe, retomar a confiança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.